quinta-feira, 2 de janeiro de 2014

CICLO TRIENAL - SEDRAH 143 e VÍDEO (Semana de 29 de dezembro/2013 a 04 de janeiro/2014)

(Shabat Shalom)
Torah: Devarim/Deuteronômio 29:9 - 30:20 
Tema: YHWH recorda a Alainça feita em Mitzrayim; Bençãos após o arrependimento; Um caminho, duas escolhas
Haftarah: Melachim Alef/1 Reis 5, Yirmiyahu/Jeremias 33; Dany'El/Daniel 11 e 12
Tema(s): Aliança com o rei de Tiro e o suprimento para o Beit HaMikdash; A promessa de resturação
Shir Mizmor: Tehilim/Salmos 143
Tema: David clama ao Eterno que o livre de seus inimigos

TORAH
Devarim/Deuteronômio 29:
10Hoje todos vós vos colocastes diante de Yahweh, vosso Elohim: os líderes das vossas tribos, os anciãos e autoridades e todos os demais homens que habitam em Israel, 11juntamente com seus filhos e suas mulheres, inclusive os estrangeiros que vivem nos vossos acampamentos, cortando lenha e transportando água para vosso abastecimento. 12Estais, pois, aqui reunidos para entrar em Aliança com Yahweh, pacto com imprecação que Adonay/o SENHOR, teu Elohim, assume contigo a partir deste momento, 13para que hoje Ele te confirme como seu povo, e que Ele próprio seja reconhecido por ti como o teu Elohim, conforme te prometeu e jurou aos teus antepassados, Avraham/Abraão, Yitz'chak/Isaque e Yia'acov/Jacó. 14Não estou firmando esta Aliança e este pacto sob juramento, somente convosco, 15os que aqui estão presentes neste momento solene na presença de Adonay, o nosso Elohim, mas também com todos aqueles que não estão aqui hoje. 16Sim, vós bem conheceis de que modo vivíamos na terra do Egito, e como passamos em meio às nações que atravessastes; 17observastes suas imagens e ídolos abomináveis, feitos de madeira, pedra, prata e ouro. 18Zelai para que entre vós não haja nenhum homem ou mulher, clã, tribo ou família cujo coração se afaste de Adonay, o nosso Elohim, para adorar os deuses daquelas nações, e para que não haja no meio de vós nenhuma raiz que venha a produzir planta venenosa e muitas amarguras! 19Portanto, se uma pessoa, cujo coração se afastou de Adonay para seguir ou cultuar outros deuses, ouvir as palavras deste pacto sob juramento, invocar uma benção sobre si mesma e pensar: ‘Agora estarei seguro, haverei de ter paz andando conforme o bom parecer do meu coração’, trará desgraça tanto à terra irrigada quanto à terra seca. 20Adonay jamais se disporá a perdoar tal pessoa, sua ira e seu zelo se acenderão contra essa transgressão. E todas as maldições escritas neste livro cairão sobre ela, e Adonay apagará seu nome de debaixo do céu! 21E, para seu infortúnio, Adonay a separará de todas as tribos de Israel para que sofra ainda maior desgraça, de acordo com todas as maldições estipuladas na B'rit/Aliança escrita neste Livro da Torá, Lei. 22Os vossos filhos e vossos descendentes e os estrangeiros que chegarem de terras longínquas testemunharão as desgraças que terão caído sobre esta terra e as doenças com que Adonay a terá castigado. 23Toda a nação se transformará num deserto abrasador de enxofre e sal, nada que for semeado sobre a terra germinará, nenhuma vegetação brotará ou se desenvolverá. Será como a destruição de Sodoma e Gomorra, de Admá e Zeboim, que YHWH destruiu com grande ira e furor. 24Todas as nações questionarão: ‘Por que Adonay praticou tamanha violência contra esta terra? Por que tanto ódio e tanto furor?’ 25Contudo, a resposta será: ‘Foi porque este povo desprezou a Aliança de YHWH, o Elohim dos seus pais desde a antiguidade, Aliança estabelecida com eles quando os libertou e tirou do Egito. 26Eles preferiram cultuar e servir outros deuses e prostraram-se diante deles, deuses que eles não conheciam e poderes que Adonay jamais lhes permitiu buscar e que se demonstraram nulos. 27Foi por esse motivo que a terrível ira de Adonay se acendeu contra esta terra, fazendo-lhe sobrevir toda a maldição descrita neste livro. 28YHWH arrancou-os do próprio solo, com ira, furor e grande ódio, e atirou-os numa outra terra, como hoje se pode constatar!’ 29Os conhecimentos ocultos pertencem a YHWH nosso Elohim: o saber revelado, entretanto, pertence a nós e a nossos filhos, para sempre, a fim de que vivamos na prática de todas as Palavras desta Torá, Lei!

Devarim/Deuteronômio 30:
1Portanto, quando se cumprirem em ti, ó Israel, todas estas palavras, as bênçãos e maldições que coloquei diante de ti, e elas te atingirem onde quer que Adonay teu Elohim te disperses entre as nações, 2e quando te converteres a YHWH teu Elohim, obedecendo à sua voz conforme tudo o que hoje te ordeno, tu e teus filhos, com toda a disposição do coração e vontade da alma, 3então o Eterno, o teu Elohim, mudará a tua sorte para melhor e se compadecerá de ti; YHWH, teu Elohim, te fará retornar do exílio e te restaurará, terá compaixão de ti e te reunirá novamente de todas as nações entre as quais te havia espalhado. 4Mesmo que tiveres sido expulso para as terras mais longínquas debaixo do céu, de lá Adonay, o teu Elohim, te trará de volta para te reunir em nação.5Ele te repatriará para a terra dos teus antepassados, e dela tomarás posse definitiva. Ele fará com que sejas mais feliz, próspero e te multiplicará em número mais ainda que os teus pais na antiguidade. 6YHWH, teu Elohim, desimpedirá a tua alma como se circuncidasse teu coração, e as entranhas da tua descendência, para que aprendas a amar Adonay, teu Elohim, com todo amor do teu coração e toda a vontade da tua alma, e vivas plenamente! 7YHWH, teu Elohim, fará recair todas essas maldições sobre os teus adversários, sobre os que te odiaram e perseguiram. 8Quanto a ti, voltarás à sabedoria, ao bom senso de obedecer a voz de Adonay, pondo em prática todos os seus mandamentos que hoje te ordeno. 9Adonay, teu Elohim, te tornará próspero em todo trabalho da tua mão, os filhos do teu ventre, as muitas crias dos teus rebanhos e as abundantes colheitas da tua terra. Adonay voltará a se alegrar em ti, ó Yisra'El/Israel, assim como se comprazia com a felicidade de teus pais na antiguidade, 10se obedeceres à voz de YHWH, teu Elohim, vivenciando sinceramente todos as Suas Mitzvot/os seus mandamentos e decretos escritos neste Livro da Torá, Lei; caso te convertas dos teus maus caminhos e voltes para o SENHOR, o teu Deus, com todo o amor do teu coração e vontade da tua alma. 11Porque este mandamento que te ordeno neste momento não é exagerado nem insuportável para ti, tampouco está fora do teu alcance. 12Ele não está nas regiões celestes, para que possas questionar: ‘Quem subiria por nós até o céu, para trazê-lo e ministrá-lo a nós, a fim de que o possamos compreender e colocá-lo em prática?’13Também não está além do mar, de modo que fiques alegando: ‘Quem atravessaria o mar por nós, para trazê-lo e ministrá-lo a nós, a fim de que o possamos compreender e colocar em prática?’ 14Nada disso! Eis que a Palavra está muito próxima de ti e fácil de assimilar: está na tua boca e no teu coração, por isso poderás obedecer a ela e vivê-la em teu dia-a-dia! 15Eis que hoje estou colocando diante de ti a vida e a felicidade perenes, ou a morte, destruição e infelicidade!16Portanto, hoje te ordeno que ames a YHWH, Adonay teu Elohim, andando em Seus santos caminhos e guardando todos os seus mandamentos, decretos e ordenanças; assim tereis vida plena e muito crescerás em número, e o Eterno, teu Elohim, te abençoará na terra em que estás entrando a fim de tomares posse dela.17Contudo, se o teu coração se desviar e não ouvires, e te deixares seduzir e te prostrares em culto diante de outros deuses, e os servires, 18Eu vos declaro neste momento solene: é certo que serás destruído e perecerás! Não prolongarás teus dias sobre a face da terra em que, ao atravessar o Yarden/Jordão, estás entrando para dela tomar posse. 19Hoje invoco o céu e a terra como testemunhas contra ti, de que apresentei claramente diante de ti os caminhos da vida e da morte; a bênção e a maldição. Escolhe, pois, o caminho da vida, para que viva plenamente, tu e tua descendência, 20amando a YHWH teu Elohim, obedecendo à Sua voz e apegando-te, ó Israel, a Ele. Porquanto disso depende a tua vida e o prolongamento dos teus dias. E assim poderás habitar sobre este solo que YHWH jurou dar a teus pais na antiguidade: Avraham/Abraão, Yitz'chak/Isaque e Yia'acov/Jacó!

HAFTARAH
Melachim Alef/1 Reis 5:
1Hiram/Hirão, rei de Tiro, sempre havia sido amigo de David. Assim que soube que Sh'lomo/Salomão havia sido proclamado rei em lugar de seu pai, enviou mensageiros diplomáticos à presença do novo rei. 2Então Sh'lomo mandou a Hirão a seguinte mensagem: 3“Bem sabes que o rei David, meu pai, não pôde construir um templo em reverência a YHWH, o Nome de Adonay seu Elohim, por causa das muitas guerras que sempre o envolveram, até o dia em que YHWH lhe pôs todos os seus inimigos sob os pés. 4Mas agora, vivo um tempo em que o YHWH me tem proporcionado paz em todas as fronteiras do meu reino. Eu não tenho inimigos e não há perigo de ataques. 5Por isso, planejo edificar um templo dedicado ao Nome do Eterno meu Elohim, conforme YHWH prometeu a meu pai, David, afirmando: ‘Teu filho, que colocarei no trono em teu lugar, é quem construirá um Templo para o Meu Nome!’ 6Portanto, dá ordem para que se cortem cedros do Líbano para mim; os meus servos acompanharão os teus servos, conforme tudo o que disseres; porque tu sabes muito bem que entre nós não há ninguém que domine a arte de cortar a madeira como os sidônios. 7Quando ouviu as palavras de Salomão, Hirão se alegrou sobremaneira e exclamou: “Bendito seja hoje YHWH, que deu a David um filho com grande sabedoria, que governa este imenso povo!” 8Então, Hirão mandou comunicar a Salomão: “Eis que recebi a tua mensagem. Atenderei o teu pedido a respeito das madeiras de cedro e de cipreste. 9Os meus servos as levarão do Líbano até o litoral, e farei conduzi-las em jangadas; ali as desamarrarei, e tu as receberás. Em troca, tu atenderás o meu desejo, provendo meu palácio e minha corte de mantimento.”10Assim, Hirão passou a fornecer toda a madeira de cedro e pinho que Salomão desejava, 11e Salomão entregou a Hirão, todos os anos, cerca de duas mil toneladas de trigo e quatrocentos mil litros de azeite de oliva puro para alimentar todas as famílias que viviam em seu palácio. 12YHWH, pois, concedeu generosa porção de sabedoria a Salomão, como lhe havia prometido. E houve paz e entendimento entre Hirão e Salomão, e os dois firmaram uma aliança entre si. 13O rei Salomão arregimentou trinta mil trabalhadores escravos de todo o Israel. 14E ordenou que fossem para o Líbano em grupos de dez mil por mês, e eles se revezaram: passavam um mês no Líbano e dois em casa. Instituiu Adonirão como chefe sobre eles. 15Salomão também mandou à região montanhosa oitenta mil (80) homens especializados no corte de pedras e setenta mil homens para transportá-las. 16Ele colocou três mil e trezentos capatazes que tinham a responsabilidade de supervisionar a obra e comandar os trabalhadores. 17Obedecendo às ordens do rei Salomão, eles cortaram grandes blocos de rocha de ótima qualidade a fim de servirem de alicerce de pedras lavradas para o templo. 18Os construtores de Salomão e de Hirão e alguns cidadãos de Gebal, Biblos, cortaram e prepararam a madeira e as pedras para a edificação do templo.

Yirmiyahu/Jeremias 33:
1A Palavra do SENHOR veio a Yirmiyahu/Jeremias pela segunda vez enquanto ainda estava preso no pátio da guarda, assegurando: 2“Assim diz YHWH, que fez a terra, lhe deu forma e a colocou em seu lugar. Eis que seu Nome é YHWH, o Eterno. 3Invoca-Me e Te responderei, e Te revelarei conhecimentos grandiosos e inacessíveis, que não sabes. 4Pois assim afirma Adonay, o Elohim de Yisra'El/Israel, a respeito das casas desta cidade e dos palácios reais de Yehudah/Judá, que foram derrubados para servirem de defesa contra as rampas de cerco e contra as armas de guerra;5quando pelejarem contra os caldeus, babilônios: “Eis que os cadáveres dos homens que matarei no meu furor ficarão espalhados por toda a cidade, porquanto ocultarei deste lugar o meu rosto por causa de toda a sua maldade! 6Entretanto, Eu mesmo levarei a ela saúde e cura. Eu os sararei e lhes manifestarei transbordante paz e segurança. 7Mudarei o destino de Judá e de Israel , e os reedificarei como no princípio. 8E os purificarei de toda a malignidade mediante a qual erraram e pecaram contra a minha pessoa; perdoarei todas as maldades que cometeram, pecando e se rebelando contra mim. 9Então Yerushalayim/Jerusalém se tornará para mim uma fonte de alegria, louvor e glória, tendo como testemunhas todas as nações da terra que ficarem sabendo sobre todos os favores e benefícios que realizo por ela. Todos os povos tremerão de medo e respeito diante da paz e da prosperidade que Eu concedo a Jerusalém!” 10Assim fala YHWH: “Dizeis que este lugar está completamente arruinado, sem soldados nem animais. Mas nas cidades de Judá e nas ruas de Yerushalayim, que estão devastadas, sem homens, nem qualquer habitante; sem nem mesmo animais, ainda se conseguirá ouvir: 11a voz de júbilo e a voz de satisfação, a voz do noivo e a voz da noiva, e as vozes de todos aqueles que trazem ofertas de ação de graças para a Casa de Adonay, exclamando: ‘Daí graças a Adonay Tsevaot/Senhor dos Exércitos, porque ele é bom! Porque o seu amor dura para sempre.’ Porque Eu mudarei o destino desta terra, tornando-a feliz como fora na antiguidade!”, assevera Adonay. 12Assim afirma o Eterno Todo-Poderoso: “Neste lugar assolado, sem pessoas nem animais, haverá novamente pastagens onde os pastores farão descansar os seus rebanhos, em todas as suas cidades! 13As ovelhas dos rebanhos voltarão a ser contadas, tanto nas cidades de Sefelá, na região montanhosa, como nas cidades das planícies, no Neguev/Neguebe, região Sul, nas terras de Ben'yamin/Benjamim, como nas vilas ao redor de Yerushalayim e nas cidades de Judá!”, declara YHWH14“Dias chegarão”, prevê Adonay, “em que cumprirei a boa promessa que fiz acerca de todas as comunidades de Israel e de Judá. 15Naqueles dias e naquela época, eis que farei brotar um Renovo justo da linhagem de David; ele realizará tudo o que é direito, justo e verdadeiro sobre a terra. 16Naquela época Judá será salva e Jerusalém viverá em segurança, e este é o nome pelo qual ele será chamado: YYHW é a Nossa Justiça. 17Porquanto assim declara o Eterno: “David jamais deixará de ter um descendente que se assente no trono de Israel;18tampouco faltará aos kohanim/sacerdotes levi'im/levitas quem ofereça continuamente holocausto diante de mim, queime ofertas de cereais e ofereça sacrifícios19A Palavra de YHWH veio a Yirmiyahu/Jeremias, afirmando: 20“Atentai ao que diz Adonay: Se puderdes invalidar a minha Aliança com o dia e com a noite, de tal modo que não haja nem dia nem noite a seu tempo, 21também se poderá romper a minha Aliança com meu servo David, para que ele não tenha um descendente que reine no seu trono, como também a Aliança com os sacerdotes levitas, que me servem. 22Assim como não é possível contar as estrelas do céu, nem calcular a areia das praias do mar, desse modo multiplicarei a descendência de meu servo David e dos levitas, que me servem.” 23YHWH dirigiu a Palavra a Jeremias: 24Observaste o que toda essa gente está comentando que Adonay rejeitou os dois reinos que tinha escolhido? Por isso desprezam o meu povo e não mais acreditam que possa voltar a ser uma nação!” 25Assim diz Adonay: “Se a minha Aliança com o dia e com a noite não mais vigorasse, se Eu não tivesse estabelecido as leis fixas do céu e da terra, 26então Eu rejeitaria os descendentes de Jacó e do meu servo Davi, e não escolheria alguém da sua descendência para governar a descendência de Avraham/Abraão, Yitz'chak/Isaque e Yia'acov/JacóEntretanto, Eu mesmo restaurarei o destino deles, os libertarei do cativeiro e lhes manifestarei a minha mais profunda compaixão!

Daniy'El/Daniel 11:
1Sendo que, no primeiro ano de Dario, rei dos medos, levantei-me para encorajá-lo e cooperar com ele, 2agora, pois, passarei a declarar-te claramente toda a verdade: Eis que ainda se levantarão outros três reis na Pérsia, e o quarto será muito mais rico do que todos os anteriores. Depois de conquistar o poder mediante suas posses e riquezas, instigará todos contra o reino da Grécia. 3Então aparecerá um rei guerreiro, que governará com grande poder e realizará todas as suas próprias vontades. 4Entretanto, um pouco mais tarde, no auge do seu poder, eis que seu reino será desfeito e será dividido para os quatro cantos do céu; mas nada será entregue aos seus descendentes, e o império não será poderoso como antes, porquanto será um reino desarraigado e repartido entre outros. 5O rei do Sul será forte, como também um dos seus príncipes; e este será ainda mais forte do que ele, e reinará, e o seu domínio será muito grande. 6Depois de alguns anos, eles se tornarão aliados. A filha do rei do Sul, Egito, firmará um pacto do o rei no Norte, Síria, mas ela não manterá o seu poder, nem ele conservará o dele. Naquela época ela será entregue à morte, com sua escolta real e na companhia do seu pai e com aquele que a apoiou.7Contudo, alguém da linhagem dela se levantará em seu lugar e comandará o exército; ele atacará a fortaleza do rei do Norte, pelejará contra as forças do rei e conseguirá vencer. 8Ele se apossará dos ídolos e divindades deles, com suas imagens de fundição, com seus vasos preciosos de prata e ouro, e levará tudo para o Egito. E, por alguns anos, ele deixará o reino do Norte viver em paz. 9Então o rei do Norte atacará as fortalezas do rei do Sul, mas se verá obrigado a voltar para a sua própria terra.
10Mas seus filhos intervirão, e conseguirão ajuntar um grande exército, o qual avançará com poder e violência, arrasando tudo por onde passar; e, depois disso, retornando, levará os combates até a fortaleza do rei do Sul.11Diante disso, o rei do Sul marchará enfurecido a fim de vingar-se do rei do Norte, que lhe resistirá com um grande exército, mas apesar disso, será derrotado. 12Quando o exército do Norte for aniquilado, o rei do Sul se encherá de orgulho e soberba e matará milhares, mas toda a sua vitória durará por um tempo muito curto.13Porquanto o rei do Norte conseguirá reunir outro exército, ainda maior que o primeiro, e depois de alguns anos ele atacará novamente com um exército mais numeroso e melhor equipado. 14Naqueles dias muitos se revoltarão contra o rei do Sul. E os homens violentos do teu próprio povo se rebelarão, dando cumprimento à visão como profetizada, mas não serão bem sucedidos e cairão. 15Em seguida o rei do Norte virá, levantará morros de ataque, isto é, rampas militares de cerco, e conquistará uma cidade fortificada. As forças do Sul serão incapazes de resistir; mesmo as suas melhores tropas não terão forças para vencê-lo. 16O agressor fará o que bem entender, e não haverá quem possa enfrentá-lo; ele se estabelecerá na Terra Magnífica e terá capacidade para destruí-la completamente. 17Ele virá com o poder de todo o seu império e firmará um pacto com o rei do Sul. Ele dará uma de suas filhas em casamento com o objetivo de destruir o reino; no entanto, seu plano não terá êxito, nem lhe proporcionará qualquer vantagem. 18Passados esses acontecimento, dirigirá sua atenção para as ilhas, invadirá e tomará muitas delas; mas um príncipe colocará um ponto final à sua arrogância, e ainda lhe retribuirá com grande soberba. 19Então ele voltará à atenção para as fortalezas da sua própria terra, mas tropeçará e cairá, para nunca mais se erguer, nem ser encontrado. 20Seu sucessor mandará um cobrador de impostos a fim de manter o esplendor real. Entretanto, em poucos anos ele será destruído, sem que seja necessário qualquer ato de luta ou violência. 21Depois, este será sucedido por um homem odioso e cruel, o qual não recebeu a honra da majestade. Ele invadirá o reino quando o povo estiver se sentido em paz e seguro, e tomará o governo geral mediante intrigas e negociatas. 22Então um exército arrasador será todo exterminado diante dos olhos desse homem desprezível; e este será destruído juntamente com o príncipe do pacto estabelecido. 23Depois desse acordo firmado, ele agirá traiçoeiramente, e com apenas um pequeno grupo de homens conseguirá chegar ao poder. 24Atacará também as regiões mais férteis da província quando estas estiverem vivendo em paz e tranqüilidade, ele as invadirá e fará o que seus pais, e nem mesmo seus antepassados, jamais fizeram; distribuirá despojos, saques e riquezas seqüestradas entre todos os seus seguidores. Ele tramará muitos planos contra grandes fortalezas, mas somente por algum tempo. 25Reunirá poder e coragem a um grande exército e investirá contra o rei do Sul; e este guerreará mobilizando um exército numeroso e fortemente armado, todavia não será capaz de resistir aos muitos ardis e golpes tramados contra ele.26Até mesmo os que se alimentarem de sua comida tentarão destruí-lo; seu exército será exterminado por uma arrasadora invasão, e um número enorme de guerreiros tombarão em combate. 27Também estes dois reis terão o coração totalmente dedicado ao mal; sentarão à mesma mesa para cear e compartilhar, mas de fato dirão apenas mentiras um ao outro, contudo, sem qualquer resultado proveitoso para nenhum deles; porquanto o fim só virá no tempo certo e determinado. 28Então o rei do Norte retornará para suas terras com grande riqueza, mas com o seu coração rebelde à Santa Aliança. Ele tentará acabar com a religião do povo de Israel, e depois voltará para a sua nação. 29No tempo determinado, ele cercará e tentará invadir outra vez o Sul; mas desta vez não terá o mesmo sucesso da primeira grande invasão. 30Porque navios de Quitim, das regiões da costa ocidental, virão e se oporão a ele, e diante dessa resistência, ele ficará consternado e insultado. Então despejará sua fúria contra a Santa Aliança, o povo de Israel; e retornando, será cordial e indulgente com aqueles que apostatarem da Santa Aliança. 31Seu poderio militar se levantará ferozmente a fim de profanar a fortaleza e o Templo, acabará com o culto do holocausto diário e instalará no Templo a abominação, o sacrilégio terrível. 32Com mentiras e lisonjas corromperá todos aqueles que tiverem abandonado a Aliança, mas o povo que, em verdade, conhece O Eterno, o seu Elohim, resistirá com firmeza e coragem. 33Entretanto, aqueles que são sábios entre o povo pregarão e ensinarão a muitos; mas por certo tempo essa atitude os levará a passar pelo fio da espada, e também terem seus corpos cremados. Outros tantos serão saqueados e lançados em prisões. 34Alguns desses resistentes serão feridos e receberão um pequeno socorro; contudo, muitos dos que oferecerem ajuda ou se reunirem à resistência não agirão com sinceridade. 35Ora, chegará a época em que alguns sábios tropeçarão para que sejam devidamente refinados, purificados e alvejados, até o final dos tempos, porquanto isso só acontecerá em dias muito à frente, no futuro determinado. 36Este rei fará o que bem lhe aprouver. Ele se exaltará e se ensoberbecerá em relação à toda divindade e seres celestiais. Ele terá êxito em todos os seus intentos até que o tempo da Indignação se complete, pois tudo quanto foi determinado ocorrerá. 37Este rei não terá a mínima consideração nem mesmo pelos deuses dos seus antepassados, nem pela divindade preferida das mulheres, nem por deus algum, mas se exaltará e se engrandecerá acima de tudo e de todos. 38Contudo, fará reverencia ao elohim protetor das fortalezas; e o honrará com ouro e prata, com pedras preciosas e inúmeros presentes de alto valor. 39Atacará as fortalezas mais poderosas com a ajuda de uma divindade estrangeira, e multiplicará o sucesso e a glória de todos quantos lhe prestarem lealdade e devoção. Ele os tornará líderes e governantes de muitos e dividirá a terra, mas a preço de recompensa. 40Nos dias do fim, o rei do Sul voltará a enfrentá-lo em grande combate; e o rei do Norte o atacará com a violência de um enorme furacão: com carros e cavaleiros de guerra, e mediante poderosa esquadra naval. Ele invadirá muitos países e passará por sobre eles como uma gigantesca inundação. 41Do mesmo modo invadirá Tsebee’, a Terra Magnífica, e muitas nações da região sucumbirão, mas Edom, Moabe e os líderes de Amom conseguirão escapar das suas garras. 42Eis que este rei estenderá as asas do seu poder sobre diversos países; nem o Egito lhe escapará, 43porquanto ele terá o controle dos grandes tesouros em ouro e prata, e de todas as riquezas dos egípcios; os líbios e os kûshies, etíopes, a ele servirão. 44Contudo, notícias procedentes do Leste e do Norte o assustarão, deixando-o muito preocupado. Então ele decidirá sair para destruir e exterminar muita gente. 45Este rei armará suas tendas reais entre o grande mar Mediterrâneo e o glorioso monte Santo. Entretanto, ele encontrará o seu fim, e não haverá nada nem ninguém que possa socorrê-lo!”

Daniy'El/Daniel 12:
1Naquela época, Miguel, o grande príncipe que protege o povo de Elohim, se erguerá em benefício dos filhos do teu povo; e haverá um período de tribulação, opressão e aflição como nunca houve desde o início das nações até então. Contudo, naquela época, o teu povo, toda pessoa cujo nome está escrito no Sêfer, Livro, será liberto.2Multidões e multidões que dormem no pó da terra acordarão: uns para a vida eterna, outros para a vergonha, humilhação e para o desprezo eterno. 3Os que têm o entendimento e são sábios resplandecerão com o fulgor do firmamento; e todos quantos se dedicam a conduzir muitas pessoas à verdade e à prática da justiça, serão como as estrelas: brilharão para sempre, por toda a eternidade! 4Porém tu, ó querido Dany'El, tranca em segredo, mediante um selo, as palavras do Livro, até o tempo próprio do fim. Muitos farão de tudo e correrão de uma parte a outra em busca do maior saber; e o conhecimento se multiplicará muitas e muitas vezes!” 5Então eu, Dany'El, olhei e eis que estavam em pé, diante de mim, outros dois malachim/anjos (mensageiros); um na margem de cá do rápido rio Khiddekel,Tigre, e outro da margem de lá. 6Então um deles falou ao homem vestido de linho, que estava rio acima: “Quanto tempo passará antes que se cumpram todos estes eventos extraordinários?” 7O homem vestido de linho, que estava acima das águas do rio, levantou ao céu a mão direita e a mão esquerda, e eu o ouvi jurar por Aquele que vive para sempre, e acrescentou: “Haverá, pois, um tempo, tempos e metade de um tempo! Quando a fragmentação do poder que está nas mãos do povo sagrado for completada, como está determinado, então, em seguida, tudo se cumprirá e estará terminado!” 8Eu ouvi claramente, mas não consegui compreender todo o significado da profecia, por isso indaguei: “Ó senhor meu, mas qual será o resultado final de todos estes acontecimentos?” 9E ele replicou, orientando-me: “Segui o teu caminho, ó Dany'El, porquanto estas palavras e sua significação estão lacradas e seladas até os apropriados tempos do fim! 10Muitos serão colocados à prova, e assim serão joeirados, purificados e aperfeiçoados; no entanto, os malignos continuarão praticando impiedades. Nenhum dos ímpios dará ouvidos à estas palavras, tampouco buscarão entendimento; mas os sábios e prudentes sim, estes entenderão. 11Concluindo, depois de abolido o culto contínuo que mediante a apresentação do holocausto diário, e a abominação assoladora, o terrível sacrilégio, for estabelecido no Templo, transcorrerão ainda mil duzentos e noventa dias. 12Bem-aventurado o que aguarda e chega aos mil trezentos e trinta e cinco dias! 13Tu, porém, vai-te em paz e segui o teu caminho até o fim. Eis que descansarás e, então, no final do yowm, dos tempos, te levantarás para receber a tua herança perpétua!”

SHIR MIZMOR
Tehilim/Salmos 143:
1 Um salmo de David. Ó Eterno, ouve minha oração e atende a minha súplica; em Tua retidão, responde-me com Tua justiça.  2 Contra Teu servo não ponderes em julgamento, pois criatura não há que diante de Ti se justifique.  3 O inimigo perseguiu minha alma, prostrou por terra minha vida, fez-me habitar nas trevas como se fora um morto.  4 Desfaleceu meu espírito e desolou-se meu coração.  5 Relembrei dias passados, ponderei sobre Teus feitos, sobre a obra de Tua Criação falei.  6 Estendi para Ti minhas mãos, pois como terra seca, tem sede de Ti minha alma.  7 Apressa-Te em responder-me, ó Eterno, pois a fenecer está meu espírito; não ocultes de mim Tua face, para que não me sinta como alguém que já desceu à sepultura.  8 Faze-me sentir Tua bondade com a aurora, pois em Ti depositei toda a minha confiança.  9 Mostra-me o caminho que devo trilhar, pois a Ti elevei minha alma.  10 Resgata-me dos inimigos, pois Tu és meu abrigo. 11 Ensina-me a cumprir Tua vontade, pois és meu Elohim.  12 Que Tua Ruach/Teu Espírito de bondade me conduza por caminhos planos.  13 Por Teu Nome faze-me viver; por Tua justiça resgata da angústia minha alma; 14 e por Tua misericórdia abate meus inimigos e destrói os que atribulam minha alma, pois Teu servo eu sou.
compilado de: Bíblia King James, português
por Ya'el bat Yossef
Tehilim 143:8,10



Nenhum comentário:

Postar um comentário