sábado, 16 de março de 2013

CICLO TRIENAL LEYELADIM - SEDRAH 101 (BIRKAT KOCHANIM/A BENÇÃO SACERDOTAL)


Shalom, Yeladim ... já estava com saudades de nosso encontros!  

Mas, o Ano Novo Bíblico começou e cá estamos...

A última Sedrah que estudamos falava sobre o voto de nazir, lembram?!  Nazir  era o nome dado àquele que fazia um voto especial ao Eterno e que na Torah é chamado de "nazireu". Para todos que faziam esse voto era exigido:  se abster de vinho e de outras bebidas fermentadas; não beber suco de uva nem comer uvas, nem nada que viesse da videira; não  cortar o cabelo até que se cumprisse o seu voto e não se aproximar de um morto, mesmo que fosse um parente próximo.

Na Sedrah desta semana, vamos estudar sobre a Benção dos Kohanim, aprender como ela era feita, porque e a quem se destinava!


Vamos ao estudo desta semana?
"BIRKAT KOCHANIM/BENÇÃO SACERDOTAL"
Bamidbar/Números 6:22 - 7:89 
Em Bamidbar 6:22 (Números), O Eterno ordena aos descendentes de Aharon (Arão) - como parte de seu serviço no Beit Hamikdash - transmitir Sua bênção sobre o Povo de Israel. Cabe esclarecer que a chamada bênção dos Kohanim é, na realidade, a benção de HaShem, uma vez que Ele é a única fonte de tudo e não precisaria de mediadores para transmitir as Suas brachot (bençãos).

Nossos patriarcas – Avraham (Abraão), Yitz’chak (Isaque) e Yia’akov (Jacó) – eram homens cujo relacionamento com HaShem os capaticou com a habilidade de “discernir”, o seja, conhecer a verdade e reconhecer a mentira, para poderem, assim, abençoar sua casa, filhos e tribo; temos inúmeros exemplos disso na Torah. 

Todavia, o povo recém saído do cativeiro ainda não tinha essa intimidade e nem conhecimento; precisavam ser ensinados - por isso, O Eterno deu essa tarefa aos Kohanim.

A Benção Sacerdotal foi estabelecida por YHWH de modo a contemplar todas as necessidades na vida de Seus filhos. E, o dever dos Cohanim mediante o cumprimento dessa mitzvah, era pedir a Hashem de todo o coração que Seu povo pudesse ser achado digno de receber as bênçãos prometidas Torah.


Após detalhar como os Kohanim deveriam executar esse serviço, o Eterno termina dizendo: "eles devem colocar O Meu Nome sobre os filhos de Israel e Eu os abençoarei".

Fica claro, aqui, que é HaShem quem abençoa!  Os Cohanim, apesar de serem homens separados exclusivamente para o serviço a Yah (YHWH), se limitavam a manter suas vidas íntegras e consagradas, de modo a poderem invocar o nome de Elohim sobre os filhos de Israel. Este conceito também é válido, por exemplo, em relação à benção dos pais sobre os filhos. Ou seja, o poder não está naquele que abençoa; seu mérito reside tão somente em estar digno diante de HaShem para servir de condutor das brachot de HaShem sobre o Seu povo - o resto é idolatria!

Outra coisa interessante nesse trecho da Sedrah, é que a Benção Sacerdotal está escrita no singular, mas, não porque ela devesse ser dirigida a uma pessoa em especial e, sim, porque é uma benção para ser dada, única e exclusivamente, sobre o povo; povo de YHWH!

Após a destruição do segundo Templo essa mitzvah passou a ser realizada nas Sinagogas.  Algumas comunidades fazem essa brachat no Shabat; outras somente em ocasiões festivas alegres.

Vamos ver, agora, a simbologia de cada frase dessa brachah (benção), segundo o entendimento de alguns estudiosos da Torah:

Ievarechechah, YHWH:
Yah te conceda todas as bênçãos incluídas na Torah;
Veishmerecha:
E te proteja. 
(Isto equivale a dizer: Yah te guarde e guarde tudo o que diz respeito a você).
Iaer YHWH:
Yah ilumine; 
se manifeste a você; 
faça-o sábio à luz da Torah.
Panav Eleicha:
Seu rosto; 
mostre o propósito dEle em sua vida (que é Sua forma de manifestar-se).
Vichuneka:
Te dê Sua chessed. 
Te dê Sua graça, para que encontre favor aos olhos dos outros, ou ainda, 
te dê sabedoria através do entendimento de Sua Torah.
Issah YHWH Panav Eleicha:
Possa O Eterno elevar o Seu rosto sobre ti. 
Esta é uma expressão que se refere à misericórdia e paciência de HaShem para conosco (Rashi). Isto equivale a dizer: "HaShem,  não se volte para as nossas faltas e não nos castigue (ainda que mereçamos).
Veiasém Lechah Shalom:
E estabeleça Sua completude!  
(Nisto se resume tudo o que foi dito nos versos anteriores; um preenchimento total da presença de YHWH!

Uma pessoa, Yeladim, pode ter grande prosperidade material, ser muito inteligente, bonita e contar ainda com a admiração de todos à sua volta, mas se não tiver o verdadeiro “Shalom” que vem da intimidade com o Eterno (Bendito Seja) e Sua Torah, tudo o que possuir não significará nada.
Shabat Shalom!
ATIVIDADE:

1  Qual era a função dos Kochanim?
__________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

2  Por quê HaShem deu a eles a tarefa de proferir "Sua Benção"?
__________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

3  Como essa Brachah/benção era feita?
__________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

4  A quem se destinava?
__________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

5  Onde é feita, hoje?
__________________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

Nenhum comentário:

Postar um comentário