sábado, 23 de fevereiro de 2013

CICLO TRIENAL LEYELADIM - SEDRAH 100 (SHIMSHOM/SANSÃO E O VOTO DE NAZIR/NAZIREU)

Shalom, Yeladim

Na Sedrah anterior aprendemos sobre o que era feito com  uma esposa que foi surpreendida em companhia de um homem que não era seu marido e que gerava dúvidas sobre seu caráter. Para provar sua inocência, era obrigada a tomar da água amarga Sagrada.  Se culpada morreria; se inocente seria abençoada com filhos.

Essa Sedrah trouxe-nos muitos ensinamentos, não é mesmo Yeladim?!


Vamos ao estudo desta semana!

"SHIMSHOM/SANSÃO E O VOTO DE NAZIR/NAZIREU" 
Bamidbar/Números 6:1-21 / Shofetim/Juízes 13, 14 e 16


Disse mais o Senhor a Mosheh:  Fala aos filhos de Israel, e dize-lhes: Quando alguém, seja homem, seja mulher, fizer voto especial de nazireu, a fim de se separar para o Senhor; abster-se-á de vinho e de bebida forte; ( ) navalha não passará sobre a sua cabeça; Por todos os dias da sua separação para o Senhor, não se aproximará de cadáver algum”. (Bamidbar/Números) 

Nazir  é o nome dado àquele que fez um voto (uma promessa) especial e que na Torah é chamado de "voto de nazireu". Esse voto que se fazia a HaShem, foi descrito de forma detalhada em Bamidbar/Números 6. 1-21. 
Abaixo, alguns detalhes do que a pessoa que fez esse voto não podia fazer:
  • Teria que se abster de vinho e de outras bebidas fermentadas;
  • Não poderia beber vinagre feito de vinho ou de outra bebida fermentada; 
  • Não poderia beber suco de uva nem comer uvas, nem passas; 
  • Não poderia comer nada que viesse da videira, nem mesmo as sementes, folhas ou as cascas; 
  • Durante todo o período de seu voto de separação, nenhuma lâmina seria usada em sua cabeça; 
  • Não poderia aproximar-se de um morto, mesmo que fosse seu próprio pai ou mãe ou irmã ou irmão.
Logo após a conquista de Kenaan/Canaã sob a liderança de Yehoshua/Josué, o povo de Israel novamente abandonou YHWH e começou a adorar os baalim (deuses/deusas pagãs). Por isso, Elohim os entregou nas mãos dos seus opressores – os reis dos outros povos. 
Mais adiante, em Shoftim/Juízes, o Tanach nos conta a história de um nazir, cuja vida começou com uma grande promessa. Ele era filho único de um casal estéril que já tinha perdido as esperanças de ter um filho.  Antes de seu nascimento o Anjo de Elohim apareceu aos seus pais determinando que o filho fosse dedicado ao Senhor como nazir por toda vida. Esse jovem foi abençoado por HaShem e dotado de força sobrenatural e grande coragem.  Seu nome era Shimshom/Sansão!
Como vimos em Bamidbar 6:1-21, um Nazir teria de cumprir rigorosamente as Instruções transmitidas a Mosheh por YHWH.
Todavia, o problema chave na vida de Shimshon era o de se envolver com mulheres fora do povo e se esquecer de sua responsabilidade quanto ao seu voto: "Desceu Shimshon/Sansão a Timna; vendo em Timna uma das filhas dos filisteus..." (14:1).  
Elohim já havia ordenado à Shimshon que libertasse os israelitas das mãos dos filisteus, porém, ele estava apaixonando-se por mulher filistéia (13:5)! Isso trouxe terríveis problemas para o povo (perek/capítulos 14 e 15).
Certa vez, "Sansão foi a Gaza, e viu ali uma prostituta, e coabitou com ela" (16:1)"Depois disto, aconteceu que se afeiçoou a uma mulher do vale de Soreque, a qual se chamava Dalila" (16:4). 
Essa última foi, então, a sua ruína.  Enganado por Dalila, ele revelou que o grande segredo da sua força estava em seu cabelo. "Naquela noite, depois que Shimshon/Sansão adormeceu no colo de Dalila, ela cortou-lhe o cabelo. Shimshon, gritou ela, os filisteus estão chegando!" ele se levantou num salto (como de outras vezes), mas desta vez Elohim o havia deixado. Ele estava tão frágil quanto qualquer homem mortal. 
Assim, os reis filisteus o agarraram e fizeram com ele coisa terrível; cegaram-lhe os olhos,  amarraram-no com correntes, levaram-no cativo e forçaram-no a trabalhar girando uma roda de pedra enorme. 
Dia após dia, Shimshon girava a pesada pedra, até o dia em que seu cabelo começou a crescer novamente e, pela chessed de HaShem, por um breve momento sua força voltou e ele encerrou sua vida, clamando a HaShem para que lhe desse força por uma última vez. Tendo HaShem atendido ao seu pedido, ele se pôs entre as duas colunas principais da casa de adoração do deus Dagon dos filisteus e as derrubou, fazendo com que toda aquela casa fosse destruída.
Concluindo, Yeladim, a vida de Shimshon poderia ter sido muito diferente, mas, ele - um nazir - quebrou todas as proibições exigidas pelo voto e, por isso, foi reprovado por Elohim!
ATIVIDADES
(para imprimir e pintar)
PERGUNTAS: 
1  De onde vinha a força de Shimshon?

2  Por quê ele perdeu sua força sobrenatural?

3  Qual foi o final de Shimshon?

4  O que podemos aprender com a Sedrah desta semana?

Shabat Shalom!

2 comentários:

  1. Shalom, tenho acompanhado esse ciclo trienal Leyeladim e confesso que estou bem satisfeita com toda metodologia e aplicabilidade dos estudos postados... Relutei muito para fazer esse comentário por que sou jovem, rs... mas não poderia deixar de comunicar que tenho aprendido de maneira bem considerada com essa linguagem para crianças, e como estou retornando aos caminhos de HaShem (mesmo que recente), não tenho problema algum de começar a aprender tendo como colegas as crianças. Bem, por fim, fiz todo esse discurso só para dizer que estou nessa classe também.! rs... e está sendo maravilhoso aprender os ensinamentos de HaShem, a fim de praticá-los. Um abraço a todos e muito obrigada por vossa dedicação, empenho e compromisso. Realmente é bem proveitoso o vosso trabalho. "BH" por vossas vidas. Shavúa Tóv!

    ResponderExcluir
  2. Shalom, Haline!
    Seja bem vinda ... esta classinha é para Yeladim "de todas as idades" (rs).
    Shavuá Tóv

    ResponderExcluir