segunda-feira, 14 de janeiro de 2013

CICLO TRIENAL - SEDRAH 95 (Semana de 13 a 19 de janeiro/2013)

(Estudo da Sedrah Semanal)
Torah:    Bamidbar/Números 1:1 - 2:13        
Tema(s):  O Recenseamento e a Ordem de Tribos
Haftarah:  Sh'muel Beit/2 Samuel 24:1; Melachim Alef/1 Reis 14:2;  Melachim/2 Reis 15
Tema(s)    Censo e Peste; Yeravam e Cheravam; Reinados Diversos
Shirim u’Chochmah: Tehilim/Salmos 95; Sefer Chochmah Yeshua ben Sirach/Livro da Sabedoria de Yeshua filho de Sirach 25
Tema(s):  Aclamação de Elohim; 

PERGUNTAS

1  Por que o censo de Mosheh/Moisés em Números 1 foi aceitável, e o censo de David (2 Samuel 24) foi considerado pecaminoso?

2  Por que os filhos de Yossef/José foram contados separadamente entre os descendentes de Efrayim/Efraim e Menasheh/Manassés?

3  Por que a mulher de Yerovam/Jeroboão teve que se disfarçar para ir ver o profeta?

 
4  Por que Amatsiyah/Amazias foi amaldiçoado, se ele fazia o que era reto aos olhos de HaShem? O que pode ter levado ele a pecar? 

TEHILIM/Salmos 95
(na perspectiva semita)
Vinde e ergamos nossas canções para o Eterno; aclamemos a Rocha de nossa salvação. Com ação de graças nos apresentaremos perante Ele e em Seu louvor entoaremos salmos. Pois o Eterno é Elohim e Rei majestoso, acima de todos os poderosos. A Ele pertence toda a terra, dos abismos mais profundos ao cume das montanhas mais elevadas. Seus são os mares e os continentes, pois tudo é obra de Suas mãos. Vinde, pois, adoremos e prostremo-nos em reverência ante o Eterno, nosso Criador, pois Ele é nosso Elohim e nós somos Seu povo. Ele é nosso Pastor e nós somos o rebanho que Ele guia neste mundo, desde que Sua voz obedeçamos. Que nossos corações e nossas mentes saibam compreender Sua exortação. Não permitais que se endureçam vossos corações como em Merivá, como aconteceu em Massá, no deserto, quando vossos pais, mesmo tendo presenciado Meus feitos, duvidaram de Mim. Por quarenta anos Meu desgosto fez aquela geração vagar pelo deserto, pois Eu lhes disse: “Sois um povo de coração desnorteado, incapaz de trilhar Meus caminhos.” Em Minha ira, então, jurei não deixá-lo entrar na terra de Meu repouso.
Transliterado:
Lechú neranená ladonai, nariá letsur yish’ênu. Necadmá fanav betoda, bizmirot naría lo. Ki El gadol Adonai, umélech gadol al col elohim. Asher beiado mechkerê árets, vetoafot harim lo. Asher lo haiam vehu assáhu, veiabéshet iadav iatsáru. Bôu nishtachave venichráa, nivrecha lifnê Adonai ossênu. Ki hu Elohênu, vaanáchnu am mar’ito vetson iado, haiom im becoló tishmáu. Al tac’shú levavchem kimrivá, keiom massá bamidbar. Asher nissúni avotechêm, bechanúni gam raú faolí. Arbaim shaná acut bedor, vaomar am toê levav hem, vehem lo iadeú derachái. Asher nishbáti veapí, im ievoún el menuchatí. 

Cantando o Tehilim 95


ECLESIÁSTICO/Ben Sirach 
Capítulo (Perek) 25
Três coisas boas e três coisas más

1 Em três coisas o meu espírito se compraz, as quais têm a aprovação de Elohim e dos homens: 
2 a concórdia entre irmãos, o amor entre vizinhos, e um marido e mulher em perfeito acordo. 
3 Três espécies de gente a minha alma detesta e a sua vida me causa profunda irritação:
4 um pobre soberbo, um rico mentiroso e um velho enfatuado e insensato.

Para os anciãos
5 Na tua mocidade nada ajuntaste: como encontrarás alguma coisa na velhice?
6 Que belo é para os cabelos brancos saber julgar e, para os anciãos, conhecer o conselho! 

7 Que bela é nos velhos a Sabedoria e, para os honrados, a inteligência e o conselho!
8 Coroa dos anciãos é a experiência consumada e a sua glória é o temor de Elohim.

Nove coisas
9 Nove coisas, das quais não pode suspeitar o coração, eu exaltei, e a décima exporei com minhas palavras:
10 o homem que se alegra com os filhos, e o que vive e chega a ver a ruína dos seus inimigos; 

11 ditoso aquele que mora com mulher de bom senso e não ara ao mesmo tempo com o boi e o burro; quem não cometeu falta com sua língua e não teve de servir a alguém indigno dele. 
12 Ditoso aquele que encontrou um amigo verdadeiro e que proclama a justiça a um ouvido atento.
13 Como é grande quem encontrou a Sabedoria e a ciência, mas não é maior do que quem teme a Elohim!
14 O temor de Elohim está acima de tudo:
15 quem o possui, a quem se comparará?
16 O temor de Elohim é o início do seu amor, e a fé é o início da adesão a Ele.
A mulher maldosa
17 Toda ferida é tristeza do coração e toda malícia é maldade de mulher. 
18 Toda ferida, mas não a ferida do coração;
19 e toda maldade, mas não a maldade da mulher.
20 Toda desgraça, mas não a causada pelos que nos odeiam;

21 toda vingança, mas não a dos inimigos.
22 Não há veneno pior do que o da cobra,
23 e não há ira pior do que a da mulher. É melhor morar com leão e dragão do que conviver com mulher má.
24 A maldade da mulher lhe altera o rosto e lhe obscurece o semblante como o de um urso. Seu marido põe-se à mesa no meio dos vizinhos
25 e, constrangido, suspira amargamente.
26 É pequena toda maldade em comparação com a maldade da mulher: a sorte dos pecadores caia sobre ela.
27 Como a subida pela areia para os pés de um velho, assim é mulher faladeira para marido quieto.
28 Não te deixes levar pela beleza da mulher e não cobices as suas posses.
29 Irritação, desrespeito e grande vergonha
30 causa a mulher, se tem o comando sobre o marido.
31 Coração humilhado, rosto sombrio, ferida no coração, eis a obra da mulher má.
32 Mãos enfraquecidas e joelhos vacilantes, eis o que faz a mulher que não torna feliz
o seu marido.
33 Da mulher veio o princípio do pecado, e é por causa dela que todos morremos.
34 Não deixes, de tua água, nada escapar, nem dês, à mulher má, liberdade de falar.
35 Se não anda conforme teus acenos, ela te envergonhará à vista dos teus inimigos:
36 corta-a, então, de tua convivência e despacha-a de tua casa. 

Bom estudo e Shabat Shalom!

Nenhum comentário:

Postar um comentário