sábado, 20 de outubro de 2012

CICLO TRIENAL LEYELADIM - SEDRAH 82 (TSARA'AT E A LINGUA)

Shalom Yeladim,
Até o perek/capítulo 15 de Vayicrah, estaremos estudando sobre as situações que tornavam uma pessoa "metsorah/impura" e que faziam com que a mesma ficasse "separada da comunhão com os achim"/ fora do arraial, até que se cumprisse o tempo de sua purificação e ela fosse declarada "limpa" pelo Cohen/Sacerdote.
A Sedrah desta semana aborda uma praga (tsara'at) que tornava a pessoa "metsorah/impura" não apenas por causas externas mas, por causa da maldade de sua língua.
Vamos ao estudo!
TSARYIA (Semeai)
Vayicrah/Levítico 13:29-59
O estudo de hoje começa com o Eterno instruindo a Mosheh e a Aharon, dizendo: "E quando homem (ou mulher) tiver praga na cabeça ou na barba, o sacerdote examinará a praga, e se ela parecer mais profunda que a pele, e nela houver pêlo fino amarelo, o sacerdote o declarará imundo; é tinha, é lepra da cabeça ou da barba" (versos 29-30). 
nota: - "tinha", segundo o dicionário, é  "uma doença cutânea que ataca o couro cabeludo e os pelos".
Esse tipo de impureza não era natural como as anteriores; vinha como "castigo" da parte de HaShem sobre todos aqueles que semeavam "lashon harah/palavras maledicentes" contra outras pessoas.  O "lashon harah" é uma das maiores maldades que alguém pode fazer contra seu semelhante pois, pode destruir amizades, famílias e até levar uma pessoa a desistir da vida, por causa da vergonha causada.
Não é  à toa, que Mishley/Provérbios 6:16-19, diz:  
"Há seis coisas que YHWH detesta; sim, há sete que Ele abomina: olhos altivos, língua mentirosa, e mãos que derramam sangue inocente; coração que maquina projetos iníquos, pés que se apressam a correr para o mal; testemunha falsa que profere mentiras, e o que semeia contendas entre irmãos". 
Como podem ver, Yeladim, é preciso ter muito cuidado com o que dizemos a respeito de alguém pois, além do castigo imposto pela Torah (ficarmos fora do arraial / longe do convívio com a Kehilah), enquanto não buscarmos purificação (reconhecermos nosso pecado; nos retratarmos publicamente com aquele que ferimos com o lashon hará e pedirmos perdão), estaremos em condições piores que aquele que está apenas "metsorah/impuro" fisicamente;  seremos considerados ABOMINÁVEIS diante de YHWH.
nota:  "ABOMINAVEL significa: odioso, detestável, insuportável".

Quem triste imaginar sermos afastados do convívio com os nossos chaverim/amigos, por falarmos maldade conra alguém, não é mesmo?  E pior ainda, saber que o Todo Poderoso - Elohim Avinu - vai nos considera "detestáveis", por semearmos "fofocas/maledicência" entre os nossos achim/irmãos!

Se naquele tempo, havia os Cohanim/Sacerdotes para "avaliar" se nossos antepassados estavam limpos ou não, hoje, temos a Torah de YHWH como espelho, para nos dizer "se estamos puros ou impuros para estarmos na presença do Eterno.

ATIVIDADES

Para memorizar: Mishley/Provérbios 21:28 - "O que guarda a sua boca e a sua língua guarda a sua alma das angústias".
Responda:
1.  Sobre o que fala a Sedrah desta semana?
____________________________________________
____________________________________________
____________________________________________

2.  Que coisas são abomináveis ao Eterno?
____________________________________________
_________________________________________________
_________________________________________________

3.  O que esses dois garotos poderiam estar conversando, sem estar fazendo lashon harah? 
________________________________________________________________________
________________________________________________________________________
________________________________________________________________________
________________________________________________________________________









Nenhum comentário:

Postar um comentário