sexta-feira, 28 de setembro de 2012

CICLO TRIENAL - SEDRAH 79 (Semana de 23 a 29 de setembro//2012)


Torah:  Vayicrah/Levítico 8:1-36            
Tema(s): A consagração dos Cohanim/sacerdotes
Haftarah:  Iyov/Jó 11 e 27; Yeshayahu/Isaías 8
Tema(s) A sabedoria de Elohim; A firmeza na justiça; Os filhos de   Yeshayahu/Isaías      
Shirim u’Chochmah: Tehilim/Salmos 79; Sefer Chochmah Yeshua ben Sirach/Livro da Sabedoria de Yeshua filho de Sirach 9
Tema(s):  Lamento por Yisra'El; Relacionamento com mulheres e amigos
PERGUNTAS:


Enquanto a Sedrah da semana passada descreveu os Korbanot (sacrifícios) da perspectiva daquele que levava a oferenda, esta semana, a Torah concentra-se mais diretamente nas tarefas dos Cohanim, trazendo mais detalhes sobre seu serviço. 
O verso 23, de Vayicrah 8 diz o seguinte: "e tendo Moisés imolado o carneiro, tomou do sangue deste e o pôs sobre a ponta da orelha direita de Arão, sobre o polegar da sua mão direita, e sobre o polegar do seu pé direito"
1.  O que isso significa e o por quê da orelha, mão e pé direitos? 

2.  Tzofar é o nome de um dos três amigos de Iyov e significa "chilrear, pipilar, chiar". No perek/capítulo 11, verso 6 ele diz mais ou menos o seguinte:-  “Você tem sorte por não ser pior, pois Elohim está-lhe cobrando menos do que o que merece o seu pecado.” Qual foi o pecado de Iyov, aos olhos de Tzofar e que tipo de "amigo" Tzofar representa?

3.  No perek/capítulo 27:8-9, Iyov/Jó diz o seguinte: "( ) qual é a esperança do ímpio, quando O Eterno o cortar, quando O Eterno lhe arrebatar a alma? Acaso YHWH lhe ouvirá o clamor, sobrevindo-lhe a tribulação?".  Em muitos casos, o castigo sobre o ímpio e o opressor não lhes vem depressa, de modo a ser presenciado por todos. Aliás, muitas vezes até os vemos prosperar. Você diria que isso é tolerância por parte de HaShem?  Que essa "tolerância" de HaShem é uma espécie de perdão?! Explique!

4.  Yeshayahu/Isaias 8:19 - "Quando vos disserem:  Consultai os que têm espíritos familiares e os feiticeiros, que chilreiam e murmuram, respondei:  Acaso não consultará um povo a seu Elohim? acaso a favor dos vivos consultará os mortos?".  Que analogia podemos fazer a respeito desse verso e que lições podemos tirar para a nossa vida?

TEHILIM/SALMOS 79
(interpretação semita)

Um tehllim/salmo de Assaf. Ó Elohim, os povos invadiram Tua possessão, profanaram o Teu sagrado santuário, converteram Yerushalayim em montes de escombros. Deixaram os cadáveres dos Teus servos para se tornarem alimento para as aves de rapina, e a carne dos Teus devotos para as feras da terra. Seu sangue derramaram como água por toda Yerushalayim e nem sequer havia quem os pudesse enterrar. Nos tornamos objetos de escárnio para nossos vizinhos, zombaria e desprezo para os que nos rodeiam. Até quando, Eterno, ficarás irado? Será eterna Tua cólera? Até quando Teu zelo queimará como fogo? Derrama Tua ira sobre os povos que não Te reconhecem e sobre os reinos que não invocam o Teu Nome. Porque destruíram Yaa'kov e assolaram a sua morada. Não Te recordes contra nós das iniqüidades do passado; apressa-Te em proporcionar-nos a Tua misericórdia, pois estamos muito enfraquecidos. Socorre-nos, ó Elohim da nossa salvação, pela glória do Teu Nome! Salva-nos e expia os nossos pecados pelo amor do Teu Nome! Para que não indaguem as nações: “Onde está o seu Elohim?” Que vejam as nações diante de nossos olhos a vingança do sangue derramado dos Teus servos. Que Te alcance o gemido do encarcerado, e pela grandeza do Teu poder salva-o da morte. Retribui a nossos inimigos sete vezes mais desgraças que aquelas com que Te desonraram, ó Eterno! Então, nós, Teu povo, o rebanho de Teu campo, louvar-Te-emos eternamente, e de geração em geração cantaremos Tua glória.
Transliterado:
Mizmor leassaf, Elohim báu goyim benachalatêcha, timeú et hechal codshêcha, sámu et Ierushaláyim leiyim. Natenu et nivlat avadêcha maachal leof hasha-maáyim, bessar chassidêcha lechaito árets. Shafechú damam camáyim, sevivot Ierushaláyim veen cover. Hayínu cherpá lish’chenênu, láag vakéles lisvivotênu. Ad ma Adonai teenaf lanétsach, tiv’ar kemo esh kin’atêcha. Shefoch chamatechá el hagoyim asher lo iedaúcha, veal mamlachot asher beshimchá lo caráu. Ki achal et Iaacov, veet navêhu heshámu. Al tizcor lánu avonot rishonim, maher iecademúnu rachamêcha, ki dalônu meod. Ozrênu Elohê yish’enu al devar kevod shemêcha, vehatsilenu vechaper al chatotênu lemáan shemêcha. Láma iomeru hagoyim aiê Elohehem, yivada bagoyim leenênu nicmat dam avadêcha hashafuch. Tavo lefanêcha encat assir, kegódel zeroachá, hoter benê temuta. Vehashev lish’chenênu shiv’atáyim el checam, cherpatam asher cherefúcha Adonai. Vaanáchnu amechá vetson mar’itêcha nodê lechá leolam, ledor vador nessaper tehilatêcha

ECLESIÁSTICO/Ben Sirach
Capítulo (Perek) 9
Relacionamento com mulheres e amigos

Sobre as Mulheres

1 Não tenhas ciúme da tua esposa, para que ela não pense mal de ti!
2 Não dês à mulher poder sobre ti, para que não se meta no que é da tua competência e passes vergonha.
3 Não te dirijas a uma mulher da vida, para que não venhas a cair em seus laços.
4 Não freqüentes a sedutora nem a ouças, para que não venhas a perecer por seus atrativos.
5 Não fixes o olhar numa virgem, para que não venhas a cair por sua beleza.
6 Não te entregues às prostitutas em momento algum, para que não venhas a perder-te e a perder a tua herança.
7 Não circules os olhos pelas ruelas da cidade nem vagueies por suas praças.
8 Desvia teu olhar da mulher enfeitada e não olhes com curiosidade para a beleza alheia.
9 Pela beleza de uma mulher muitos pereceram, pois daí se abrasa a concupiscência como o fogo. [10-11]
12 Jamais te sentes à mesa com mulher casada nem te recostes a seu lado a beber vinho,
13 para que teu coração não venha a inclinar-se para ela e, apaixonado, escorregues para a perdição.

Sobre os homens
14 Não abandones um velho amigo: o novo não será semelhante a ele.
15 Amigo novo é como vinho novo: quando ficar velho, o beberás com gosto.
16 Não tenhas inveja da glória e das riquezas do pecador, pois não sabes como vai ser a sua queda.
17 Não te agrade a prosperidade dos injustos, sabendo que não ficarão impunes até descerem ao abismo.
18 Fica longe de quem tem o poder de matar, e não passarás pelo medo da morte;
19 se, porém, dele te aproximares, nada cometas que possa levá-lo a tirar-te a vida.
20 Fica sabendo que andas perto da morte, pois caminhas no meio de laços e andas sobre redes.
21 Segundo a tua capacidade, convive com teu próximo e relaciona-te com os sábios e prudentes.
22 Com o sensato esteja o teu pensamento, e toda a tua conversação aborde os preceitos do Altíssimo.
23 Os justos sejam os teus convidados e no temor de YHWH esteja a tua ufania.
24 As obras dos operários são louvadas pela habilidade de suas mãos; o chefe do povo, pela sabedoria do seu discurso, e a palavra dos anciãos, pela sua sensatez.
25 É terrível, em sua cidade, o homem de língua solta; quem é temerário nas palavras será odiado. 

Shabat shalom umevorach!

Nenhum comentário:

Postar um comentário