sexta-feira, 7 de setembro de 2012

CICLO TRIENAL LE YELADIM - SEDRAH 76 (O SACRIFÍCIO PELO PECADO)

Shalom Yeladim,
Esta semana vamos estudar sobre o Sacrifício de Asham/Culpa, ou seja, pecados cometidos "por omissão", ou seja,  faltar com a verdade a respeito de alguma coisa que sabemos.
Shabat Shalom lekulam!
O SACRIFÍCIO PELA CULPA/ASHAM
Vayicrah/Levítico 6:15
"Asham" é a palavra hebraica para culpa. Sentir culpa é sofrer por alguma coisa que fizemos (ou não fizemos) e que causou prejuízo material, moral ou espiritual a nós mesmos e/ou a outra pessoa. 

Este perek/capítulo de Vayicrah começa assim: "Disse ainda o Senhor a Mosheh: Se alguém pecar e cometer uma transgressão contra o Senhor e se houver dolosamente para com o seu próximo no tocante a um depósito, ou penhor, ou roubo, ou tiver oprimido a seu próximo ( )".
A Oferta pela Culpa era muito semelhante à Oferta pelo Pecado, com uma diferença: a Oferta pela Culpa (no que se refere a negócios) era uma oferta relativa a dinheiro;  pecados cometidos por ignorância relacionados a bens/posses e que resultou em fraude (engano). Por exemplo, se alguém pedisse um objeto emprestado e o perdesse; ficasse com aquilo que alguém lhe entregou para guardar ou deixou como garantia de pagamento de uma dívida. O sacrifício para esse tipo de pecado deveria ser igual ao valor do objeto, acrescentando mais 1/5 para o Cohen e para a pessoa que foi prejudicada e mais um carneiro sem defeito, entregará ao Cohen para  o Sacrifício ao Senhor.
Isso também se aplicava ao juramento falso (quando alguém diz que viu/foi testemunha de algo e não viu ou vice-versa); quando alguém encontrou algo que pertencia ao próximo e não devolveu; em caso de roubo (pegou algo emprestado e não devolveu ao dono), etc.  
Vayicrah 6:5-7, diz o seguinte: "ou qualquer coisa sobre que jurou falso; por inteiro o restituirá, e ainda a isso acrescentará a quinta parte; a quem pertence, lho dará no dia em que trouxer a sua oferta pela culpa. E como a sua oferta pela culpa, trará ao Senhor um carneiro sem defeito, do rebanho; conforme a tua avaliação para oferta pela culpa trá-lo-á ao sacerdote; e o sacerdote fará expiação por ele diante do Senhor, e ele será perdoado de todas as coisas que tiver feito, nas quais se tenha tornado culpado".
Como podemos ver, o juramento falso, além de impedir brachot sobre o nosso próximo, é considerado pela Torah uma dupla transgressão: mentira e roubo.
O início deste perek começa falando de "falta cometida contra YHWH", ou seja, o pecado  mencionado nesses versos é considerado, em primeiro lugar, uma ofensa contra HaShem e, depois, um pecado contra o próximo. 

Portanto, podemos concluir que todo o pecado contra o homem também é contra o Senhor.
Veja o que David diz no Tehilim/Salmos 51:4 - "Contra ti, contra ti somente, pequei, e fiz o que é mau diante dos teus olhos; de sorte que és justificado em falares, e inculpável em julgares". 
Na sua confissão, David declara que ao pecar, mais do que ferir pessoas, ofendeu ao Senhor.

ATIVIDADE:


(recorte e guarde)
Marque com um (X) a resposta correta:

1.  As Escrituras Hebraicas nos ensinam que a consequência do pecado é a morte do ser humano, sendo assim, o Eterno:
(    )  requer a morte de quem pecou
(    )  não exige nenhuma morte
(    )  requer a morte de um substituto

Bom estudo!
E agora, vamos cantar como David!
TOV LEHODOT LASHEM
(BOM É DAR GRAÇAS A HASHEM)
Tehilim/Salmos 92

Tov L’Hodot LaShem
Bom é dar graças a HaShem
U’Lezamer Le Shimcha Elyion
Cantar em honra ao Altíssimo
Tov L’Hodot LaShem
Bom é dar graças a HaShem
Lehaguid Baboker chasdecha
E anunciar do amanhecer ao entardecer 
v’emunatecha baleilot
Tua graça e fidelidade
Tov L’Hodot LaShem
Bom é dar graças a HaShem

Nenhum comentário:

Postar um comentário