sexta-feira, 20 de abril de 2012

CICLO TRIENAL - SEDRAH 56 (Semana de 15 a 21 de Abril/2012)

Torah: Shemot/Êxodo 16:22 - 17:15
Tema(s): O Shabat/Sábado; A Água da Rocha; Combate contra Amalek
Haftarah: Melachim Beit/2a Reis 6, Yeshayahu/Isaias 41
Tema(s)Elisha/Elias e os Arameus; A proteção de YHWH
Shirim u’Chochmah: Tehilim / Salmos 56; Chochmah Sh'lomo / Sabedoria de Salomão 5
Tema(s): A Confiança do Justo; O Juízo do Ímpio

PERGUNTAS:
1  Leia Shemot 16:22 a 29 e responda:- Por quê, a despeito da orientação de YHWH, "alguns saíram para fazer sua provisão" no Sétimo dia?   O que isso representa e como essa orientação se aplica aos dias de hoje?

2  "E, quando Mosheh tinha a mão levantada, Yisra'El vencia, mas logo que a abaixava, Amalek triunfava" (Shemot/Êxodo 17:11).  Para você, qual o simbolismo desse ato de Mosheh?

3  Leia Melachim Beit 6:20 a 33 e responda:  Qual o significado da frase ‘Eis que este mal vem do Eterno"?  Justifique biblicamente.

4  "Plantarei no deserto cedros e acácias, mirtos e oliveiras. Farei brotar, juntos, no deserto, cipreste, abeto e amoreira. Para que possam todos ver e crer, considerar e entender que pela mão do Eterno tudo foi feito; pelo Santíssimo de Yisra’El tudo foi criado". (Yeshayahu 41:19-20).  Que ensinamento podemos tirar desse verso?  

5 "No dia em que eu temer, hei de confiar em ti" (Tehilim/Salmos 56:3). Que relação você vê entre "temer e confiar", no contexto desse Tehilim? Explique.

Para Meditar:
SABEDORIA DE SALOMÃO\Chochmah Sh'lomo

Capítulo 5

1.   De pé, porém estará o justo em segurança, na presença dos que o oprimiram e dos que desprezaram seus sofrimentos.
2.   Vendo-o, serão tomados de terrível pavor, atônitos diante da salvação imprevista;
3.   dirão entre si, arrependidos entre soluços e gemidos de angústia:
4.   ‘Este é aquele de quem outrora nos ríamos, de quem fizemos alvo de ultraje, nós insensatos! Considerávamos a sua vida uma loucura e seu fim infame.
5.   Como agora o contam entre os filhos do Eterno e partilha a sorte dos santos?
6.   Sim extraviamo-nos do caminho da verdade; a luz da Justiça não brilhou para nós, para nós não nasceu o sol.
7.   Cansamo-nos nas veredas da iniquidade e perdição, percorremos desertos intransitáveis, mas não conhecemos o caminho do Eterno!
8.   Que proveito nos trouxe o orgulho? De que nos serviu riqueza e arrogância?
9.   Tudo isso passou como uma sombra, como notícia fugaz,
10.  como o navio que singra as águas ondulosas sem deixar rastro de sua travessia nem, nas ondas, a esteira de sua quilha.
11.  Ou como o pássaro que voa pelos ares sem deixar vestígios de seu curso; o leve ar, fustigado pelas penas, fendido pelo vigoroso silvo, é aberto em estrada pelas asas, sem que se encontre algum sinal de sua rota.
12.  Ou como a flecha disparada para o alvo: Cicatriza num instante o ar ferido, ignorando-se o rumo que tomou.
13.  Assim conosco: Mal nascemos, já desaparecemos, sem mostrar nenhum traço de virtude; na malícia nos deixamos consumir’!
14.  Sim, a esperança do ímpio é como a palha levada pelo vento, como a espuma miúda que a tempestade espalha; é dispersa como o fumo pelo vento, fugaz como a lembrança do hóspede de um dia.
15.  Mas os justos vivem para sempre, recebem do Eterno sua recompensa, cuida deles o Altíssimo.
16.  Receberão a magnífica coroa real e, das mãos do Eterno, o diadema de beleza; com Sua direita Ele os protegerá, com seu braço os escudará.
17.  Tomará a armadura de seu ciumento ardor, armará a criação para vingar os inimigos;
18.  vestirá a couraça da Justiça, cingirá o capacete do julgamento insubornável;
19.  usará o escudo da invencível santidade;
20.  afiará a espada de Sua ira implacável; a seu lado, contra os insensatos, pelejará o universo:
21.  certeiras, surgirão rajadas de raios, voarão para o alvo do teso arco das nuvens;
22.  sua funda lançará furiosa saraivada, contra eles lufarão as ondas do mar, sem piedade os rios os afogarão.
23.  Um sopro poderoso se levantará contra eles e os dispersará qual furacão. A iniquidade fará deserta a terra inteira e a malícia derribará dos tronos os poderosos! 
oooOooo

Nenhum comentário:

Postar um comentário