segunda-feira, 30 de abril de 2012

O ÊXODO: "UMA NOVA HIPÓTESE DO TRAJETO DOS HEBREUS" (1)


Shalom, chaverim!

Obviamente, não temos quaisquer dúvidas quanto os registros Bíblicos e entendemos também que não é propósito da Torah/Bíblia ser um livro histórico. No entanto, o que nos surpreende é ver a ciência cada dia mais próxima de reconhecer que não nos firmamos em "contos da carochinha" mas, no Manual da Vida, que relata a história do  homem e de sua relação com o Sagrado.

O Êxodo / Shemot

         A arqueologia tem sido a maior amiga dos historiadores e estudiosos bíblicos na procura de locais e objetos que possam evidenciar o trajeto dos hebreus. Já são muitas as evidências encontradas no Egito e na Arábia Saudita.
         No último século arqueólogos redescobriram evidências sobre a escravidão dos hebreus, as pragas e a fuga do Egito. A pintura abaixo é uma entre outras encontradas nas paredes da tumba de um comandante chamado Khnumhotep II (século XIX A.C.) onde estão registradas a entrada de um grupo de cerca de 37 palestinos (de barbas) trazendo suas mulheres, crianças, arcos, flexas, lanças, harpas, jumentos e cabras caracterizando que não se tratava de uma invasão, por causa da submissão aos egípcios (mulatos).

        A figura n° 115 (imagem abaixo) da publicação The Ancient Near East in Pictures (Pritchard) mostra inscrições no Egito sobre o trabalho escravo (século XV A.C.) na fabricação de tijolos e na construção (Êxodo 1.11-14). Alguns textos egípcios mencionam cotas de tijolo e uma falta de palha, como em Êxodo 5.6-19.

        Há sinais das pragas nas ruínas da antiga cidade de Avaris e no chamado "papiro de Ipuwer" encontrado no Egito no início do último século, levado para o Museu de Leiden na Holanda sendo decifrado por A.H. Gardiner em 1909. O papiro completo está no Livro das Advertências de um egípcio chamado Ipuwer. Este descreve motins violentos no Egito, fome, seca, fuga de escravos com as riquezas dos egípcios e morte ao longo da sua terra. Pela descrição ele foi testemunha das pragas como as do Êxodo. A tabela abaixo compara os relatos de Ipuwer e Moisés:
*Papiro de Ipuwer*    

Papiro de Ipuwer

Êxodo Bíblico

2.5- 6 A praga está por toda região. Sangue em toda parte.
2.3 Certamente, o Nilo inunda mas não querem arar para ele.
2.7 Certamente, foram enterrados muitos mortos no rio; a corrente está como uma tumba.
2.10 Certamente, o rio está ensanguentado, e quando se vai beber dele, passam longe as pessoas e desejando água.
3.10-13 Essa é a nossa água! Essa é a nossa felicidade! O que faremos a respeito? Tudo são ruínas.
7.20 …e todas as águas do rio se tornaram em sangue.


7.21 ...os peixes que estavam no rio morreram, e o rio cheirou mal, e os mitzaraíta/egípcios não podiam beber da água do rio; e houve sangue por toda a terra do Egito.


7.24 ...os mitzraítas/egípcios cavaram poços junto ao rio, para beberem água; porquanto não podiam beber da água do rio. 
5.6 Certamente, as palavras mágicas foram descobertas (nas câmaras sagradas), os encantos e os encantamentos eram ineficazes por que são repetidos pelas pessoas. 8.18-19 Também os magos fizeram assim com os seus encantamentos para produzirem piolhos, mas não puderam... 
2.10 Certamente, portões, colunas e paredes são consumidos pelo fogo.


10.3-6 A casa real inteira está sem os seus servos. Ela tinha a cevada e o trigo, os pássaros e os peixes; tiveram roupas brancas e linho bom, cobre e azeites;


1.4 ...os habitantes dos pântanos possuem proteções;


6.1-3 A pessoa se alimenta da erva arrastada pela água... Para as aves não se encontra grão nem erva... a cevada pereceu em todas as estradas.


5.13 Certamente o que podia ser visto ontem, desapareceu. A terra está abandonada por causa da esterilidade e igualmente o corte de linho. 
9.23-24 ...e fogo desceu à terra ... havia saraiva e fogo misturado...


9.25-26 ...a saraiva feriu, em toda a terra de Mitzraym/ Egito, tudo quanto havia no campo, tanto homens como animais; feriu também toda erva do campo, e quebrou todas as árvores do campo. Somente na terra de Goshen (pântanos do Delta) onde se achavam os filhos de Israel, não houve saraiva.


9.31-32 ...o linho e a cevada foram danificados, porque a cevada já estava na espiga, e o linho em flor; mas não foram danificados o trigo e o centeio, porque não estavam crescidos.


10.15 ...nada verde ficou, nem de árvore nem de erva do campo, por toda a terra de Mitzraym/Egito. 
5.5 Certamente, todos os rebanhos de cabras têm os corações chorando; os gados reclamam por causa do estado da terra....


9.2-3 ... e da mesma maneira os rebanhos vagaram sem pastores ... os rebanhos vão desnorteados e nenhum homem pôde reuni-los. Cada um tenta trazer os que foram marcados com o seu nome. 
9.3 ...eis que a mão de YHWH será sobre teu gado, que está no campo. sobre os cavalos, sobre os jumentos, sobre os camelos, sobre os bois e sobre as ovelhas; haverá uma pestilência muito grave.


9.19 ...manda recolher o teu gado e tudo o que tens no campo; porque sobre todo homem e animal que se acharem no campo, e não se recolherem à casa, cairá a saraiva, e morrerão.


9.21 ...mas aquele que não se importava com a palavra de YHWH, deixou os seus servos e o seu gado no campo. 
9.11 ... não amanheceu... 
10.22 ... e houve trevas espessas em toda a terra de Mitzraym/Egito por três dias.  
4.3 (5.6) Certamente, os filhos dos grandes são lançados contra a parede.


6.12 Certamente, as crianças dos grandes foram abandonadas nas ruas;


2.13 Certamente, as pessoas diminuíram e quem põe seu irmão na terra encontra-se em qualquer lugar.


3.14 É um gemido que há pela terra, misturado com lamentações. 
12.29 ...feriu todos os primogênitos na terra de Mitzraym/Egito, desde o primogênito de Paroh/Faraó, que se assentava em seu trono, até o primogênito do cativo que estava no cárcere, e todos os primogênitos dos animais.


12.30 ...e fez-se grande clamor em Mitzraym/Egito, porque não havia casa em que não houvesse um morto. 
7.1 Veja, certamente o fogo ascendeu às alturas e o seu queimar sai contra os inimigos da terra.
13.21 ... e de noite numa coluna de fogo para os alumiar, a fim de que caminhassem de dia e de noite.
3.2 Certamente, ouro, lápis azul, prata, turqueza, cornalina e bronze... é colocado no pescoço das escravas... 12.35-36 ...e pediram aos egípcios jóias de prata, e jóias de ouro, e vestidos.....de modo que estes lhe davam o que pedia; e despojaram aos egípcios. 
7.2 Veja, quem havia sido enterrado como um falcão está em um caixão de madeira; aquilo oculto na pirâmide estava vazio. 
Assim morreu Yossef, tendo cento e dez anos de idade; e o embalsamaram e o puseram num caixão em Mitzraym/Egito. (Bereshit/Gênesis 50.26)


13.19 Moisés levou consigo os ossos de Yossef... 

fontehttp://www.ufrgs.br/museudetopografia/Artigos/O_Exodo.pdf

sábado, 28 de abril de 2012

NOVIDADES NO BLOG - NOVA INTERFACE


Shalom, chaverim!
Estamos experimentando uma nova "interface" do Blogger, mais interativa e mais moderna, porém, bem diferente do anterior.
Clicando acima, do lado esquerdo, você tem a possibilidade de escolher o modelo de visualização que mais lhe interessar.
Tais mudanças têm por objetivo tornar sua visita mais dinâmica e agradável, portanto, sua opinião é muito importante.
Aguardamos seus comentários!

"UN REGALO" PARA DEPOIS DO SHABAT (2) - PIZZA E BOLINHO DE CHUVA

Shalom chaverim v'chaverot!
Uma de nossas maiores preocupações tem sido "onde pedir uma pizza" ou, então, como são manipulados os ingredientes. Geralmente, o que vemos, é tudo separado em recipientes, mas, pegos com a mesma luva (derivados de porco, temperos, queijos, etc.).
Ao término do Shabat, sempre bate aquela vontade de comer algo fresquinho e rápido,   portanto, compartilho com você uma receitinha simples que fiz após o último Shabat e que fez muito sucesso entre a galera.
Se não gostarem, ME CONTEM; se gostarem, PASSEM PARA OS AMIGOS rs ...!
oooOOOooo
PIZZA VAPT VUPT
Ingredientes:

  • Massa
  • 2 xícaras (de chá) de farinha de trigo
  • 1 colher (de sopa) de fermento em pó químico
  • 1/2 colher (de chá) de sal
  • 4 colheres (de sopa) de azeite ou óleo de milho
  • 3/4 de xícara (de chá) de água filtrada
  • Recheio
  • 1/2 xícara de chá de molho de tomate pronto ou caseiro
  • 200 grs de peito de perú defumado, ralado
  • 300 grs de mussarela de búfata ralada
  • orégano e azeitonas pretas à vontade
  • Obs: (o peito de perú pode ser substituído por sardinhas em lata; ou atum; ou frango desfiado; ou rodelas de cebolas e tomates temperados com bastante azeite e orégano; ou antepasto de beringela; ou milho, ovos; palmito e mussarela; tomate cereja, provolone e manjericão, etc.). Use sua imaginação!
Modo de Preparo:

  • Massa
  • Numa tigela, coloque primeiro os ingredientes secos (trigo, fermento, sal).  Misture tudo e abra um espaço no meio dessa mistura para colocar a água o óleo e, aos poucos, a água.
  • Misture novamente e, com as mãos, vá sovando a massa até que ela não grude mais nas mãos. (Deixe descansar por 5 minutos).
  • Recheio
  • Unte uma assadeira redonda (aproximadamente 35 cm) ou retangular (como a que fiz) e unte com azeite.

  • Separe a massa em duas porções e abra com o auxílio de um rolo de macarrão.  
  •  (nota:- Pode também fazer porções individuais, tipo "brotinho")

  • (Não precisa pre-assar a massa), mas, se preferir,  coloque-a na assadeira e leve ao formo quente por 5 minutos.  Retire.
  • Em seguida, coloque o recheio de sua preferência e por último a mussarela. 
  • Enfeite com azeitonas, orégano, etc.) e leve ao formo médio por cerca de 15 minuto e ...
  •  "voilà" ... está pronta a nossa Pizza!
  • BOLINHO DE CHUVA (doces sabores da infância...)
  • Ingredientes:
  • Massa
    3 xícaras de farinha de trigo
    1 colher (sopa) de fermento em pó
    1 xícara de açúcar
  • 1 pitada de sal
  • 1 xícara de leite
  • 3 ovos inteiros
    3 bananas nanicas cortadas em cubinhos
  • variação: (maçãs em cubos com uma vassa; abacaxi em cubinhos, etc).
    Para fritar e Polvilhar
  • 2 xícaras de óleo de soja 
    2 colheres (sopa) de açúcar (cristal)
    1 colher (sopa) canela
    Modo de Fazer:
    Massa - Em um tigela, peneire todos os ingredientes secos
    Bata os ovos com o auxílio de um garfo e adicione à massa. Misture.
    Adicione o leite aos poucos para não encaroçar. Misture bem.
    Adicione o recheio (bananas, maçã ou abacaxi) misture novamente e reserve por 5 minutos.

    Numa panela, aqueça o óleo e vá colocando a massa às colheradas, retirando os bolinhos quando estiverem dourados. Escorra-os sobre um papel absorvente. 
    Por fim, passe-os pelo açúcar com canela e sirva ainda quente.
    Rendimento: cerca de 50 bolinhos. 
    (Obs.:- o vídeo diz 23, mas o meu rendeu muito mais rs...)
    Tempo de preparo: cerca de 30 minutos
    Betavon!

sexta-feira, 27 de abril de 2012

CICLO TRIENAL LE YELADIM - SEDRAH 57 (LEVANDO A TORAH AOS PEQUENINOS)

Shalom Yeladim,
Quem se lembra como terminou a última Sedra?!
Se respondeu que ela nos contou a história de como Mosheh, ferindo a rocha com o seu cajado, fez com que a água brotasse abundantemente, saciando toda a sede do povo e dos animais - você acertou!
Quando aprendemos a obedecer as instruções de YHWH, vemos milagres em nossas vidas.
Vamos ver o que podemos aprender através da Sedrah desta semana.
(Encontro de Mosheh com Yitró)
O CONSELHO DE YITRÓ/JETRO
(Shemot/Êxodo 18:13 a 27)
Seguindo viagem, Mosheh e o povo acamparam ao pé do Monte onde YHWH havia falado com Mosheh e dado a incumbência de liderar o povo até a Terra Prometida. 

Certo dia, chegou ao acampamento um visitante inesperado - Yitró, o sogro de Mosheh, trazendo consigo a esposa de Mosheh (Tziporah) e seus dois filhos, Gherson e Eliézer. Mosheh ficou muito contente ao vê-los, afinal,Yitró tinha levado seus netos e filha, para que Mosheh pudesse trabalhar sem preocupações. 
Yitró ficou encantado com tudo que tinha ouvido falar a respeito das maravilhas que o Eterno havia feito no meio do Seu povo, e Mosheh aproveitou para lhe contar tudo em detalhes. "Baruch HaShem/Bendito seja YHWH" — Exclamou Yitró!
Todavia, Mosheh não pode ficar mais tempo com sua família e sogro e, no dia seguinte, retomou o seu árduo trabalho em conduzir o povo. A uma certa distância, Yitró ficou observando como Mosheh se desgastava,  atendendo a uma interminável fila de israelitas, que vinham tomar conselhos todos os dias sobre seus problemas e desentendimentos que tinham uns com os outros. Naquela mesma noite, inconformado com o interminável trabalho de Mosheh, Yitró lhe perguntou:-  "Mosheh, por quê você passa do dia inteiro atendendo toda essa gente?
Mosheh lhe respondeu:- "O que posso fazer?  Tenho de ser juíz para julgar as suas causas e ainda ensinar-lhes a Torah/Lei de YHWH. 
E Yitró respondeu:- "Mosheh, se continuar assim, você vai ficar esgotado e as pessoas estressadas por ficarem tanto tempo na fila, esperando para falarem com você.  Não está certo, isso!  Você precisa de ajuda, Mosheh".
Escute o que vou te dizer:- "arranje pessoas capazes;  homens de confiança, que sejam obedientes a YHWH. Deixe-os encarregarem-se de resolver as causas mais simples. Eles trarão a você, somente, os casos mais difíceis e graves para que  julgue". 
Mesmo sendo um grande líder, Mosheh teve humilde suficiente para seguir o bom conselho de seu sogro Yitró e fez tudo conforme ele lhe dissera.
Escolheu homens respeitáveis para o ajudarem no trabalho de orientar e ensinar os israelitas e se despediu de seu sogro, que voltou para sua terra, feliz, por ter podido ajudar Mosheh com um bom conselho.
oooOOOooo
ATIVIDADE
Perguntas:
1.  Por quê o sogro de Mosheh resolveu visitá-lo? 
2.  Qual foi o conselho de Yitró/Jetro deu a Mosheh?

Preencha os espaços abaixo:
1.  Mosheh .............................. as palavras de seu ................
2.  A atitude de Mosheh demonstrou que ele era uma pessoa  ...........................

Complete o Caça-Palavras
1.  Coloque na primeira linha o nome de quem devemos "amar" e complete no Caça-Palavras.
2.   Descubra que mandamento está faltando no Caça-Palavras.
3.  Encontre as palavras: ÍDOLOS, MENTIR, PRÓXIMO, OFENDER, ROUBAR, AMAR, FALSA E COBIÇAR no Caça-Palavras.



CICLO TRIENAL - SEDRAH 57 (Semana de 22 a 28 de Abril/2012)

Torah: Shemot/Êxodo 18:1 - 20:23
Tema(s): O Conselho de Yitro/Jetro; Os Asseret HaDibrot/Dez Ditos
Haftarah: Melachim Alef/1a. Reis 4; Esrah/Esdras 7; Michah/Miquéias 4
Tema(s)Oficiais de Sh'lomo/Salomão; Esrah obtém o favor de Artaxerxes; YHWH reinará em Tsion
Shirim u’Chochmah: Tehilim / Salmos 57; Chochmah Sh'lomo / Sabedoria de Salomão 6
Tema(s): A proteção ao Justo; O ouvir à Sabedoria
PERGUNTAS:
1.  Leia Shemot 18:14-24 e responda:  Que ensinamentos Yitro estava passando a Mosheh?  
2.  "E disse ele ao povo: Estai prontos para o terceiro dia; e não vos chegueis a mulher" (Shemot 19:15).  Por quê HaShem ordenou ao povo "não se achegar à mulher"?
3.  Shemot 20:3: "Não terás outros deuses diante de mim". O que simbolizam esses "deuses" (ou poderes)?
4. Que função os oficiais de Sh'lomo desempenhavam?   (Melachim Alef 4).
5.  O que fez com que "Esrah atraisse o favor de Artaxerxes"? (Esrah 7)
6.  Quem é a "filha de Tsion"referida por YHWH em Michah 4:6-13?
7.  Leia o Tehilim 57 e responda: Ao ser perseguido por Sha'ul, qual o posicionamento de David?

Para Meditar:
SABEDORIA DE SALOMÃO\Chochmah Sh'lomo
Capítulo 6

1 Ouvi, pois, ó reis, e entendei; aprendei vós que governais o universo! 
2 Prestai ouvidos, vós que reinais sobre as nações e vos gloriais do número de vossos povos!
3 Porque é do Senhor que recebestes o poder, e é do Altíssimo que tendes o poderio; é ele que examinará vossas obras e sondará vossos pensamentos!
4 Se, ministros do reino, vós não julgastes eqüitativamente, nem observastes a lei, nem andastes segundo a vontade de YHWH,
5 Ele se apresentará a vós, terrível, inesperado, porque aqueles que dominavam serão rigorosamente julgados.

Ao menor, com efeito, a compaixão atrai o perdão, mas os poderosos serão examinados sem piedade.
7 O Senhor de todos não fará exceção para ninguém, e não se deixará impor pela grandeza, porque, pequenos ou grandes, é ele que a todos criou, e de todos cuida igualmente;
8 mas para os poderosos o julgamento será severo.
9 É a vós, pois, ó príncipes, que me dirijo, para que aprendais a Sabedoria e não resvaleis,
10 porque aqueles que santamente observarem as santas leis serão santificados, e os que as tiverem estudado poderão justificar-se.
11 Anelai, pois, pelas minhas palavras, reclamai-as ardentemente e sereis instruídos.
12 Resplandescente é a Sabedoria, e sua beleza é inalterável: os que a amam, descobrem-na facilmente.
13 Os que a procuram encontram-na. Ela antecipa-se aos que a desejam.
14 Quem, para possuí-la, levanta-se de madrugada, não terá trabalho, porque a encontrará sentada à sua porta.
15 Fazê-la objeto de seus pensamentos é a prudência perfeita, e quem por ela vigia, em breve não terá mais cuidado.
16 Ela mesma vai à procura dos que são dignos dela; ela lhes aparece nos caminhos cheia de benevolência, e vai ao encontro deles em todos os seus pensamentos,
17 porque, verdadeiramente, desde o começo, seu desejo é instruir, e desejar instruir-se é amá-la.
18 Mas amá-la é obedecer às suas leis, e obedecer às suas leis é a garantia da imortalidade.
19 Ora, a imortalidade faz habitar junto de YHWH;
20 assim o desejo da Sabedoria conduz ao Reino!
21 Se, pois, cetros e tronos vos agradam, ó vós que governais os povos, honrai a Sabedoria, e reinareis eternamente.
22 Mas eu vou dizer o que é a Sabedoria e como ela nasceu. Não vos esconderei os seus mistérios; mas investigá-la-ei até sua mais remota origem; porei à luz o que dela pode ser conhecido, e não me afastarei da verdade.
23 Não imitarei aquele a quem a inveja consome, porque esse tal não tem nada a ver com a Sabedoria:
24 é no grande número de sábios que se encontra a salvação do mundo, e um rei sensato faz a prosperidade de seu povo.
25 Deixai-vos, pois, instruir por minhas palavras, e nelas encontrareis grande proveito. 

oooOOOooo

terça-feira, 24 de abril de 2012

O QUE FAZER PARA O SHABAT? (8) - MACARRÃO AO MOLHO DE BERINJELA

Shalom chaverim,
Esta semana estamos publicando mais uma receita de macarrão - rápida, fácil e deliciosa - enviada por um dos nossos achim!
Espero que apreciem!
MACARRÃO AO MOLHO DE BERINJELA
(Receita enviada por Yossef ben  Israel)
Ingredientes:

  • 250 g de macarrão cozido 
  • 1 berinjela 
  • 4 tomates maduros sem pele e sem semente 
  • 1 cebola picadinha 
  • 1 dente de alho picadinho
  • Mangerona 
  • Manjericão 
  • Orégano 
  • 1/3 de xícara azeite 
  • Azeitonas verdes picadas 
  • Sal a gosto
Modo de Preparo:
Corte a berinjela em cubinhos (não precisa tirar a casca) e deixe de molho por uns 30 minutos em água com sal e o suco de 1 limão.  Aqueça o azeite em uma panela e coloque a cebola e o alho para refogar. Em seguida, adicione a berinjela e abaixe o fogo. Quando a berinjela estiver murcha  acrescente o tomate picado e o restante dos ingredientes. Deixe apurar por uns 20 minutos com a panela semi aberta. Sirva em seguida. 
ACOMPANHAMENTO
SALADA DE BATATA E OVOS
Ingredientes:
  • 5 batatas médias
  • 5 ovos cozidos
  • 1 cebola média
  • 2 colheres de cheiro verde picado
  • pimenta branca e sal a gosto
  • suco de 1 limão
  • 4 colheres de azeite
Modo de Preparo:
Cozinhe, separadamente, os ovos e as batatas .  Descasque e separe.
Numa tigela coloque as batatas cortadas em pedaços médios, os ovos cortados em 8 partes, a cebola cortada em rodelas finas ou em cubinhos.  Coloque o sal e a pimenta e em seguida tempere com o limão e o azeite. Misture e, por último acrescente o cheiro verde.
(opcional:- se desejar, coloque maionese).
S O B R E M E S A
PUDIM DE MARIA MOLE
Ingredientes:
  • 1 pacote de pó para preparo de maria-mole 
  • 1 lata de leite condensado
  • 1 lata de creme de leite (gelado)
  • 1 xícara de água fervente
Preparo:
Ferva a metade da quantidade de água especificada na embalagem para o preparo da maria-mole e dissolva o pó, mexendo bem. Deixe esfriar um pouquinho e coloque no liquidificador com o leite condensado e o creme de leite. Bata até ter uma mistura homogênea. Coloque essa mistura em uma forma levemente untada com óleo e leve à geladeira por 12 horas. Para desenformar, mergulhe a forma rapidamente em água quente, para facilitar a retirada.
Calda de frutas vermelhas:
  • 1 xícara de morangos picados a gosto
  • 1 xícara (chá) de açúcar
Em uma panela, coloque os morangos cortados, o açúcar e leve para cozinhar em fogo baixo por cerca de 15 minutos, mexendo sempre, até formar uma calda grossa.
Espere esfriar e coloque sobre o pudim.
oooO - Bete'avon! - Oooo

segunda-feira, 23 de abril de 2012

SHABAT - "RESPOSTA A ALGUMAS DÚVIDAS (1) "

"Se desviares do Shabat/sábado o teu pé, e deixares de prosseguir nas tuas empresas no meu santo dia; se ao shabat chamares deleitoso, ao santo dia do Senhor, digno de honra; se o honrares, não seguindo os teus caminhos, nem te ocupando nas tuas empresas, nem falando palavras vãs; então te deleitarás no Senhor, e eu te farei cavalgar sobre as alturas da terra, e te sustentarei com a herança de teu pai Jacó; porque a boca do Senhor o disse." (Yeshayahu/Isaias 58:13-14)
oooOOooo
1) É comum ter dificuldades com o Shabat, principalmente no início da caminhada?

Sim, isso é comum. Devemos entender que a obediência às mitsvot (mandamentos) de Elohim devem ser um processo passo-a-passo. Isso não ocorre da noite para o dia. Semelhantemente, muitos quando se achegam à fé têm dificuldade com isso. Você não será a primeira, nem a última. 

O mais importante de tudo é você convencer a si mesmo de que isso é importante, e não se acomodar. Como dizemos aqui, você não vai passar fome por causa do Shabat, pois o Shabat foi feito para o homem, e não o homem para o Shabat. Mas você também não deve se acomodar com a situação e pensar "Paciência!"  e ponto final. 

Procure estar atento a oportunidades de trabalho que não exijam o Shabat, mande currículos, tente negociar na empresa onde você está, ofereça o domingo como opção, enfim, procure alternativas. Não cesse de tentar até que você tenha atingido o objetivo. Esse deve ser o espírito da coisa. 

2) O Shabat é um dia fixo? E por que isso é importante?

Sim, o Shabat é um dia fixo. As Escrituras dizem: 
"E abençoou Elohim o dia sétimo, e o santificou; porque nele descansou de toda a sua obra que Elohim criara e fizera." (Bereshit/Gênesis 2:3)
"Mas o sétimo dia é o Shabat de YHWH teu Elohim; não farás nenhuma obra, nem tu, nem teu filho, nem tua filha, nem o teu servo, nem a tua serva, nem o teu animal, nem o teu estrangeiro, que está dentro das tuas portas." (Shemot/Êxodo 20:10)
Em ambos os casos, a referência não é a qualquer dia, e sim ao sétimo dia. Em Bereshit (Gênesis), isso fica ainda mais claro pois o hebraico traz "et yom-hashevi'i", o que seria equivalente a dizermos "o" sétimo dia. 
E por que isso é importante? Porque o tempo é dEle. Ele é o Senhor do tempo. Não cabe a nós decidirmos quando nós queremos separar um dia a Ele. É Ele quem decide, e nós acatamos. Isso é fé - é agir em obediência à voz dEle, e não segundo a nossa vontade ou conveniência. 
Muita gente pensa que pode adorar ao Eterno qualquer dia, ou no dia que ele próprio escolher. Veja de onde vem essa ideia:
"E proferirá palavras contra o Altíssimo, e destruirá os santos do Altíssimo, e cuidará em mudar os tempos e a Torá; e eles serão entregues na sua mão, por um tempo, e tempos, e a metade de um tempo." (Dani'el 7:25)
A ideia moderna de que qualquer dia serve, ou qualquer maneira de adorar serve, vem do sistema religioso do falso messias, e as Escrituras profetizam a esse respeito no livro de Dani'el. 
Determinar quem define o dia separado a Elohim também define quem é o Senhor da sua vida, e da sua fé. Se é você, ou se é YHWH. 

fonte: www.torahviva.org

       "Ademais lhes dei também os meus sábados, para servirem de sinal entre 
mim e elesa fim de que soubessem que eu sou o Senhor que os santifica."
 (Yechesk'el/Ezequiel 20:12)