quinta-feira, 22 de março de 2012

CICLO TRIENAL - SEDRAH 52 (Semana de 18 a 24 de março/2012)


Torah: Shemot/Êxodo 12:29-51
Tema(s): A Morte dos Primogênitos; A Saída do Povo; O Pessach
Haftarah: Esrah/Esdras 6; Yirmyahu/Jeremias 16, 43, 46
Tema(s): Reconstrução do Templo; Retorno a Israel; Profecias contra o Egito
Shirim u’Chochmah: Tehilim/Salmos 52; Chochmah Sh'lomo/ Sabedoria e Salomão 1
Tema(s): O Cínico; Fugindo de Práticas Pecaminosas
PERGUNTAS
1.  Êxodo 12:49:- ("Haverá uma mesma Torah para o natural e o estrangeiro que peregrina entre vós").  Você acha que esse verso tem alguma relevância para aqueles que "dizem" seguir os mandamentos de Elohim? Por quê?.

2.  De acordo com Shemot?Êxodo 12:43 a 48 - O que qualifica "alguém" como "povo de Israel"  e o habilita a "comer do Pessach"?

3.  Yirmyahu/Jeremias 16:5:- (Porque assim disse o Eterno: Não deves entrar na casa enlutada, nem lamentar ou chorar seus mortos, pois deste povo retirei Minha paz, Minha graça e minha misericórdia! Diz o Eterno.).  Que povo é esse e por quê YHWH está tão irado com eles?
Bom estudo!
Texto para leitura: 
CHOCHMAH SH'LOMO / Sabedoria de Salomão

Perek/capítulo 1:
1. Amai a justiça, vós que julgais a terra, pensai no Eterno com retidão, procurai-O com simplicidade de coração,
2. porque Ele se deixa encontrar por aqueles que não O tentam; Ele se revela aos que não Lhe recusam a fé.
3. Pois os pensamentos tortuosos afastam do Eterno e o Poder, posto à prova confunde os insensatos.
4. A Sabedoria não entra numa alma maligna, ela não habita num corpo devedor ao pecado.
5. Pois a Ruach HaKodesh, a educadora, foge da duplicidade; Ela se retira diante dos pensamentos sem sentido; Ela se ofusca quando sobrevêm a injustiça.
6.  A Sabedoria é um espírito amigo dos homens, não deixa impune o blasfemo por seus propósitos; porque o Eterno é a testemunha de seus rins, perscruta seu coração segundo a verdade e ouve o que diz a sua língua.
7.  O espírito do Eterno enche o universo, dá consistência a todas as coisas, não ignora nenhum som.
8.  Por isso quem fala iniquamente não tem desculpa, não poderá iludir a Justiça vingadora.
9.  Indagar-se-á sobre os planos do ímpio, o barulho de suas palavras irá até o Eterno, como prova de seus crimes.
10. Um ouvido cioso ouve tudo, nem o rumor dos murmúrios lhe escapa.
11. Guardai-vos, pois, do murmúrio inútil, poupai à vossa língua da maledicência; não há frase furtiva que caia no vazio, a boca mentirosa mata a alma.
12. Não procureis a morte com vossa vida extraviada, não vos proporcioneis a ruína com as obras de vossas mãos.
13. Pois O Eterno não fez a morte nem tem prazer em destruir os viventes.
14. Tudo criou para que subsista; são salutares as criaturas do mundo: Nelas não há veneno de morte e o Sheol não reina sobre a terra.
15. Porque a justiça é imortal.  
16. Mas os ímpios a chamam com gestos e com vozes, por ela se consomem, crendo-a sua amiga, fazem pacto com ela, pois merecem ser de seu partido.
oooOooo

Nenhum comentário:

Postar um comentário