sexta-feira, 7 de outubro de 2011

HERANÇA ISRAELITA (ÚLTIMA PARTE) - "TRIBOS DE ASHER/ASSER E GAD/GADE


"A IDENTIDADE E O PAPEL DAS TRIBOS DE ISRAEL NOS ÚLTIMOS DIAS"
Chegamos ao final de nosso pequeno estudo sobre as 12 Tribos de Israel. Como mencionamos, inicialmente, o objetivo desse "ensaio" foi avançar um pouco mais em direção à restauração, conhecendo mais sobre as Tribos, sua provável identidade nos dias atuais, bem como, seu papel profético nos últimos tempos e, para tanto, o resgate da identidade tribal é muito importante para identificarmos nossos pontos fortes e fracos, e tomarmos consciência daquilo que O Eterno espera de nós, os remanescentes de Am'Yisrael. 
  • Tribo de Asher
Benção de Yaakov: Bereshit/Gênesis 49:20:
De Asher, o seu pão será gordo, e ele dará delícias reais.
Benção de Mosheh Rabeinu: Devarim/Deuteronômio 33:24:
E de Asher disse: "Bendito seja Asher com seus filhos; agrade a seus irmãos, e banhe em óleo seu . Seja de ferro e de metal o teu calçado; e a tua força seja como os teus dias".
Significado do nome "Asher"  em hebraico é "afortunado"; "rico”, "abençoado". 
É o oitavo Filho de Ya'akov e o segundo com Tzilpah, serva de Leah/Lia
"Depois deu Tzilpah, serva de Leah, um segundo filho a Ya'akov. Então disse Leah: para minha ventura, porque as filhas me e terão por bem aventurada; e chamou-lhe Asher". (Bereshit/Gênesis 30:12, 13)
Pedra que representa a tribo no Peitoral do Cohen Gadol/Sumo Sacerdote: Tarshish/Crisólito
Quando Am'Yisrael partiu do Egito, essa tribo contava com cerca de 41.500 homens, o que a tornava a nona tribo em número, tendo apenas Efraim, Menasheh/Manassés e Benyamin/Benjamim menores que ela.
Durante o reinado de David Melech/rei Davi a tribo de Asher/Asser supriu seus exércitos com guerreiros, conforme mencionado em I Crônicas 12:36.
O território atribuído à Tribo de Asher como herança, era uma região fértil, que se estendia-se até o limite do norte da Palestina - tendo ao sul a Tribo de Menasheh e as montanhas de Monte Carmel e a oeste pelo Mar Mediterrâneo e o território de Naftali e a leste a Tribo de Issachar.

Os Asheritas nunca tiveram sucesso em expulsar de seus territórios, os habitantes que ocupavam os lugares altos de Tiro, Sidom e Akko. (Shoftim/Juízes 1:31-32). 
A Tribo de Asher, foi uma das tribos escolhidas por Mosheh, no episódio das bençãos e maldições, para estar sobre o monte Ebal: "E estes estarão sobre o monte Ebal para amaldiçoar: Reuven, Gad, e Asher, e Zevulun, Dã e Naftali". (Devarim/Deuteronônio 27:13).
Após a queda de Yisraelalguns asheritas ajudaram a reavivar o Pessach/ Páscoaem Yerushalayim de acordo com as determinações de Ezequias, em II  Crônicas 30:11.
Quem é Asher hoje
Os asheritas estão por toda a parte e são reconhecidos por conta de suas grandes fortunas e sucesso profissionaltudo devido à bênção de prosperidade proclamada por Yaakov (Bereshit/Gênesis 49:20).  Além de riquezas materiais, possuem também grande vitalidade, conforme a bênção proferida por Mosheh: "Da tribo de Asher, disse: Asher é abençoado com os seus filhos, estimado acima dos seus irmãos; lava os pés em azeite suavizante (Devarim/Deuteronômio 33:24). Todavia, sua grande vitalidade e prosperidade não deve ser motivo de inveja dentre os da Casa de Israel, pois é de Asher que virá o apoio financeiro e material para a restauração e a manutenção do Estado de Israel no fim dos tempos.
Muitos asheritas encontram-se no negócio de exploração de petróleo e indústrias relacionadas (vide as bênção de Yaakov).
  • Tribo de Gad
Benção de Yaakov: Bereshit/Gênesis 49:19:
"Quanto a Gad, uma tropa o acometerá; mas ele a acometerá por fim".
Benção de Moshe Rabeinu: Devarim/Dt. 33:20-21:
"E de Gad disse: Bendito aquele que faz dilatar a Gad; habita como a leoa, e despedaça o braço e o alto da cabeça. E se proveu da melhor parte, porquanto ali estava escondida a porção do legislador; por isso veio com os chefes do povo, executou a justiça de YHWH e os seus juízos para com Israel".
Significado do nome Gad em hebraico: "sorte; afortunado".
Gad é o nome do sétimo filho de Ya'akov e o primeiro nascido de Tzilpah, serva de Leah. "E deu Tzhilpa, serva de Leah, um filho a Ya'akov/Jacó. Então disse Leah: Afortunada! e chamou-lhe Gad". (Bereshit/Gênesis 30:10,11).

Pedra que representa a tribo no Peitoral do Cohen Gadol/Sumo Sacerdote: Achlama/Ametista
Quando a Tribo saiu do Egito, dispunha de 45.650 homens aptos para à guerra, porém, durante a peregrinação pelo deserto, seu número diminuiu para 40.500 (Bamidbar/Números 1:24-25).
Durante a marcha pelo deserto, a tribo de Gad posicionava-se, juntamente com Shimon e Reuven, ao sul Mishkan/Tabernáculo.

Terminada a conquista da terra de Canaã, a cada tribo de Israel foi dada uma porção, como herança (Sh'muel Alef/I Samuel 13:7 - Yeremiyahu/Jeremias 49:1). Situava-se à leste do rio Jordão, em Guilad/Gileade, ao norte do território que coube à Tribo de Reuven e separada do território dos amonitas pelo rio Jaboque. As cidades principais da tribo eram chamadas de “Cidades de Gileade”. (Yehoshua/Josué 13:25).

Geograficamente falando, Guilad/Gileade era uma região que fazia fronteira com o norte do Yam Quineret/Mar Morto. Era uma região montanhosa com uma pequena floresta. Essa pequena floresta era conhecida pela produção de um bálsamo cujas propriedades curativas. "Porventura não há bálsamo em Gileade?" (Yeremiyahu/Jeremias 8:22).

Curiosamente, essa região habitada pela Tribo de Gad (Guilad/Gileade) não era conhecida somente pelo seu bálsamo, mas também como um lugar onde as pessoas fugiam dos seus problemas. Ya'akov/Jacó fugiu de Lavan/Labão, seu sogro (Bereshit/Gênesis 31:21-55). Os Israelitas fugiram para lá quando foram perseguidos pelos filisteus (Sh'muel Alef/1Samuel 13:7). David Melech/Rei Dadi fugiu para lá quando foi perseguido por seu filho Av'shalom/Absalão (Sh'uel Bet/2Samuel 17:22). Mosheh/Moisés declarou aquela cidade como cidade de refúgio e Yehoshua/Josué 20:1-9, nos fala mais sobre o significado e o propósito das cidades de refúgio.
A Tribo de Gad era composta por homens experimentados nas batalhas: "valentes, homens de guerra para pelejar, armados com escudo e lança; e seus rostos eram como rostos de leões, e ligeiros como corças sobre os montes". (I Crônicas 12:8)
Infelizmente, como as outras tribos do norte, os gaditas não expulsaram de seus territórios os habitantes da terra (amonitas), o que certamente veio a enfraquecê-los. 
Quem é Gad hoje?
Gad estará diretamente envolvido na deposição física do antimessias, o filho de Dan, na batalha de Meguido/Megido.
Yaakov/Jacó diz que a porção do legislador ficaria ocultada em Gad. Isto significa que Gad é um exército de guerreiros de YHWH contra as forças do ecumenismo, sincretismo e da oposição à TorahGad elevará a Torah perante todo Israel.
Podemos identificar os descendentes modernos dos Gaditas dentre aqueles que corajosamente e profeticamente se levantam contra os caminhos tortuosos e ecumênicos de Dan.
Cabe aos restaurados de Gad a responsabilidade de manter a consciência Israelita da necessidade de teshuvah/retorno e de uma vida pautada da Torah.
Os Gaditas, ao serem terem contato com a verdade, rapidamente deixam o cristianismo, pois não suportam a oposição e o desprezo à Torah de YHWH. O dilatamento de Gad tem a ver justamente com o fato de que Gad tem a incumbência de abrigar todo Efrayim na Torá, até que retorne o Mashiach/Messias. A maioria dos que professam a Yeshua, mas defendem vorazmente uma vida de submissão ao Reino de YHWH através da Torá são descendentes modernos de Gad.
O papel de Gad no fim dos tempos está diretamente relacionado à proclamação da mensagem de YHWH para os que ainda estão em Roma/Bavel e na idolatria:  Sai dela, povo meu [Am'Israel]”
Espero que tenham apreciado  ...
Shabat Shalom umevorach!
fontes:
Tribos hoje:  http://www.torahviva.org 
História: Torah/Bíblia; diconário bíblico; www.chabad.org e outras fontes da internet.





Nenhum comentário:

Postar um comentário