quarta-feira, 2 de março de 2011

VÍDEO LEV TAHOR/CORAÇÃO PURO - TEHILIM (SALMO) 51

Shalom, Chaerim v'chaverot,
Este é um dos meus Tehilim preferidos! Ao ouvi-lo meu coração se enche de esperança e certeza de que HaShem não é um Elohim distante, que não se importa com Seus filhos, mas, está sempre nos dando sinais de Sua presença, amor e perdão.  
Tudo o que precisamos é estar sensíveis ao Seu toque!

Este Salmo (Tehilim 51) é chamado de “Salmo de Confissão e Arrependimento”, pois é utilizado com muita frequencia nas orações diárias por sua mensagem de profunda contrição e verdadeira humildade.
Ao escrever esses versos David Melech (Rei David) encontrava-se profundamente amargurado por causa de seu pecado. Primeiramente, contra o seu próximo e consequentemente, contra o Eterno, seu Elohim.
(Israelitas do Caminho.itu)
Salmos 51
Ao mestre de canto, um salmo de David, composto quando procurado pelo profeta Natan, após ter estado com Bat-Shéva. Concede-me Tua graça, ó Elohim, conforme Tua benevolência, e por Tua imensa misericórdia apaga minhas transgressões. Lava-me completamente de minha iniqüidade (*) e purifica-me do meu pecado. Pois reconheço minha transgressão e diante de mim está sempre meu pecado. Contra Ti pequei e ante Teus olhos pratiquei o mal; portanto, fundamentadas são Tuas palavras e justificada Tua sentença. Em iniqüidade nasci e em pecado me concebeu minha mãe. Tu buscas a verdade que se esconde no íntimo; traz-me sabedoria ao âmago de meu coração. Asperge-me com hissopo até que eu me purifique; lava-me até que eu me torne mais alvo que a neve. Faze-me novamente ouvir sons de alegria e regozijo para que possa exultar meu corpo alquebrado. Volta Tua face de meu pecado e apaga todas as minhas iniqüidades. Ó Eterno, cria em mim um coração puro e renova a integridade no interior de meu espírito. Não me afastes da Tua presença, nem retires de mim a Tua Ruach haKodesh. Rejubila-me novamente com Tua redenção e sustenta-me com Tua generosidade. Aos ímpios ensinarei Teus caminhos, e os rebeldes a Ti hão de retornar. Salva-me do pecado de sangue derramado, ó Eterno, Elohim da minha salvação, para que minha língua possa cantar exaltando Tua justiça. Elohim, abre meus lábios e minha boca proferirá Teu louvor. Tu não desejas sacrifícios - pois, do contrário, eu os ofereceria -, nem Te comprazes com oferendas. O verdadeiro sacrifício ao Eterno é o coração contrito; o Eterno jamais desprezará um coração angustiado e pleno de arrependimento. Que Te regozijes em fazer o bem a Tzión e edificar as muralhas de Yerushalayim. Comprazer-Te-ás com sacrifícios sinceros, e oferendas e holocaustos trazidos a Teu altar.

(imagem colhida na internet para fins de ilustração)
Tehilim 51 
(Transliteração)
Lamenatsêach mizmor ledavid. Bevo elav Natan hanavi, caasher ba el Bat Shava. Choneni Elohim kechasdêcha, kerov rachamêcha meche feshaai. Hérev cabesseni meavoni, umechatati taharêni. Ki feshaai ani eda, vechatati negdi tamid. Lechá levadechá chatáti, vehara beenêcha assíti, lemáan tits’dac bedavrêcha, tizke veshoftêcha. Hen beavon cholalti, uvchet iechematni imi. Hen emét chafáts’ta vatuchot, uvsatum chochma todiêni. Techateêni veezov veet’har, techabessêni umishéleg albin. Tashmiêni sasson vessimchá, taguêlna atsamot dikíta. Haster panêcha mechataai, vechol avonotai meche. Lev tahor bera li Elohim, verúach nachon chadesh bekirbi. Al tashlichêni milefanêcha, verúach codshechá al ticach mimêni. Hashíva li sesson yish’êcha, verúach nediva tismechêni. Alamedá fosh’im derachêcha, vechataim elêcha iashúvu. Hatsilêni midamim, Elohim Elohê teshuati, teranen leshoni tsidcatêcha. Adonai sefatai tiftach, ufi iaguid tehilatêcha. Ki lo tachpots zévach veetêna, olá lo tirtse. Zivchê Elohim rúach nishbára, lev nishbar venidkê Elohim lo tivze. Hetiva virtsonechá et Tsión, tivnê chomót Ierushalayim. Az tachpóts zivchê tsédec olá vechalil, az iaalu al mizbachachá farim. 
(*) iniquidade = anomia (grego) = ausência/inobservância da Lei (Torah)  
Shalom u'vrachá! 

Nenhum comentário:

Postar um comentário